‘TSE mira no Brasil porque não aguenta ver o povo livre para pensar’, diz Ana Paula

Tribunal decidiu investigar se houve financiamento nas manifestações do dia 7 de setembro; programa ‘Os Pingos Nos Is’ comentou a decisão

  • Por Jovem Pan
  • 15/09/2021 19h57 - Atualizado em 15/09/2021 21h12
DivulgaçãoTSE vai investigar atos de 7 de setembro

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu investigar se houve financiamento nas manifestações do dia 7 de setembro, com pagamento de transporte e diárias aos participantes e quem participou da organização. O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, Luiz Felipe Salomão, também quer investigar se os atos configuram propaganda eleitoral antecipada. A ação foi incluída no inquérito que investiga o presidente Jair Bolsonaro por supostas fake news sobre o sistema eleitoral brasileiro.

Em sua participação no programa “Os Pingos Nos Is“, da Jovem Pan, Ana Paula Henkel afirmou que a investigação do TSE não mira os atos do Dia da Independência, mas o Brasil. “O TSE não mira na manifestação de 7 de setembro, mira no Brasil, assim como o STF e a CPI. O TSE mira o Brasil porque não aguenta ver o povo livre para pensar o que eles não querem que seja pensado”, opinou. “Não pensem que apenas o 7 de setembro foi necessário para que nós consigamos colocar a Constituição como verdadeiro norte. O povo vai ter que se reunir algumas vezes para mostrar que se eles não respeitam a Constituição, nós seremos nas ruas e no dia a dia as ferramentas de freios e contrapesos”, completou. 

Assista ao programa “Os Pingos Nos Is” desta quarta-feira, 15, na íntegra: