Candidato à Prefeitura de SP, Arthur do Val diz que cargo é ‘pior emprego do mundo’

Deputado estadual é candidato pelo Patriota e participou do programa Pânico nessa quinta-feira, 10

  • Por Jovem Pan
  • 10/09/2020 14h15 - Atualizado em 10/09/2020 14h18
Jovem PanArthur do Val é candidato à prefeitura de São Paulo

O deputado estadual Arthur do Val (Patriota), mais conhecido como ‘Mamãe Falei‘, participou nessa quinta-feira, 10, do programa Pânico e falou sobre a candidatura à Prefeitura de São Paulo. “Historicamente o mês da virada é o último antes das eleições. O [governador João] Doria começou com 2% e venceu, e eu já estou com 4%. Ser prefeito é o pior emprego do mundo, mas eu nasci aqui, eu cresci aqui e se não fizermos nada, vamos ficar na mão dos outros. Coloquei meu nome e vamos ver o que acontece”, disse.

Entre as propostas para a cidade, Arthur comentou que pretende mudar o Plano Diretor, que terá revisão em 2021, tornar a cidade mais liberal e acabar com a Cracolândia. “Você não pode andar nas ruas do centro porque os traficantes tomaram conta. A ideia é descentralizar os equipamentos sociais e fazer com que a cidade ande de forma livre”, comentou. Segundo ele, se eleito vai manter boas relações adversários. “Eu acho que não deve ser nem ante um ou ante outro, nem representante de cara x ou y. Quem ganhar a Prefeitura terá que ligar para o Doria e para o [presidente Jair] Bolsonaro. Vou fazer isso”, afirmou.

Sobre o Movimento Brasil Livre (MBL) se envolver na campanha, Arthur foi enfático em dizer que não haverá nenhuma ajuda financeira. “O MBL abriu suas contas sem a ordem da justiça e entregou para o governo. Minha campanha não terá dinheiro público, não vou usar fundo eleitoral e o MBL não vai ajudar”, disse o candidato do Patriota, além de informar que mantém uma vaquinha online para os eleitores colaborarem. As eleições municipais vão acontecer no dia 15 de novembro em primeiro turno e no dia 29 de novembro em segundo turno, caso haja necessidade. Além de Mamãe Falei, a corrida paulistana terá Joice Hasselmann (PSL), Guilherme Boulos (PSOL),  Jilmar Tatto (PT), Filipe Sabará (Novo), Levy Fidelix (PRTB) e o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), entre outros candidatos.