‘É interessante ler a Bíblia com o respaldo da ciência’, diz padre Juarez

Em entrevista ao Pânico, sacerdote falou sobre a relação de Deus com a morte: ‘É muito simplista dizer que as coisas acontecem porque Deus quis’

  • Por Jovem Pan
  • 17/12/2021 16h05
Reprodução/PânicoPadre Juarez foi o convidado desta sexta-feira, 17, do programa Pânico

Nesta sexta-feira, o programa Pânico recebeu o padre Juarez de Castro. Em entrevista, ele falou sobre as diferentes maneiras de interpretar a Bíblia Sagrada e atentou para a importância de interpretar o Velho Testamento, conhecido agora como Primeiro Testamento na Igreja Católica, de acordo com a cultura da época. “Você pega aquele costume de 3 mil anos e fala: ‘Vamos viver’. A gente tem que contextualizar e perceber outra cultura e outro tempo, entender a Bíblia. o que importa da Bíblia é o Deus que caminha com seu povo. Quando você lê a Bíblia com critério, é interessante ler com respaldo da ciência. A filosofia, está tudo ali”, disse.

O sacerdote ainda opinou sobre a relação de Deus com a morte e as tragédias. “Deus não quer a morte, a dor e o sofrimento. É muito simplista dizer que as coisas acontecem porque Deus quis. é uma maneira pueril de se relacionar com Deus, infantil, como se Deus fosse vingativo e estivesse com um joystick. Quando Deus cria o mundo, o homem tem inteligência e pode decidir. Deus não pode não ser amor”, afirmou. “A religião equilibrada é importante, pois ela enxuga lágrimas. Às vezes, no desespero, a religião consegue te trazer conforto. Toda religião tem rituais fúnebres, não é pela pessoa que morreu, é pela família que está passando.”

Confira na íntegra a entrevista com Juarez de Castro: