Vampeta relembra polêmica briga com ex-goleiro do Corinthians: ‘Teve fato de mulheres mesmo’

“Ele tomou umas tapas, sim!”, disse o pentacampeão mundial, 11 anos depois da confusão da qual pouca gente se lembra, mas que foi parar até na polícia

  • Por Bruno Landi
  • 07/08/2020 19h06 - Atualizado em 07/08/2020 19h11
ReproduçãoO "Pergunte ao Vampeta" é um programa semanal do Grupo Jovem Pan

Muitas pessoas não se lembram, mas, em janeiro de 2009, Vampeta, já em fim de carreira, viu-se envolvido em um fato pouco comum na trajetória de um dos jogadores mais queridos e bem-humorados da história do futebol brasileiro. Dias antes de viajar a Mato Grosso do Sul para negociar com o Operário, o pentacampeão mundial foi acusado por Marcelo, então goleiro do Bahia, de agredi-lo no saguão do Hotel Sol Bahia Atlântico, em Salvador. O arqueiro, que, anos antes, havia atuado com Vampeta no Corinthians, chegou a prestar uma queixa contra o ex-companheiro de equipe na 9º Delegacia, no bairro da Boca do Rio.

Na época, inúmeras hipóteses sobre o motivo da briga foram levantadas. Márcio Batista, irmão do Velho Vamp, chegou a admitir que ambos, além do motorista do ex-volante, foram “para cima para bater nele (Marcelo)” e explicou o porquê. “Em 2006, quando os dois jogaram no Corinthians, o Vampeta ajudava muito o Marcelo. Mas, agora, ele pegou o telefone da mulher de Vampeta e fica ‘cantando’ ela. Além disso, contraiu uma dívida com meu irmão. Ninguém aguenta isso, não”, afirmou, na ocasião. A despesa seria da época em que o ex-goleiro foi inquilino de Vampeta. Apesar disso, ainda não se sabe ao certo o que realmente ocasionou a confusão.

Mais de uma década depois, o pentacampeão mundial foi indagado sobre o entrevero por um internauta na última edição do Pergunte ao Vampeta, programa semanal do Grupo Jovem Pan, e não ficou em silêncio. Questionado se havia “levado a pior” e “saído machucado” da briga com o ex-companheiro de Corinthians, o Velho Vamp respondeu de forma breve, mas já encarando a situação com bom humor.

“Eu nunca saí na pior! Foi uma discussão acalorada, teve fato de mulheres, mesmo, mas o bonde seguiu! Ele está na dele, e eu estou na minha… Mas ele tomou umas tapas, sim!”, disse, aos risos. Marcelo, por sua vez, foi perguntado sobre o assunto em 2013, durante entrevista ao Portal Terra, e preferiu desconversar. “Sobre o Vampeta, cada um segue a sua vida, já era, já passou e nem lembro mais”, afirmou. É a prova de que nem todas as histórias do Velho Vamp no futebol são tão divertidas assim…

Confira, abaixo, a 39ª edição do Pergunte ao Vampeta: