Vampeta revela reação do elenco da seleção com Ronaldo na vaga de Romário em 2002

O Velho Vamp foi sincero ao comentar sobre o que os jogadores do Brasil acharam da decisão de Felipão para a Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 27/02/2021 08h00
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/Instagram/Ronaldo/RomarioVampeta comentou sobre a escolha de Felipão por Ronaldo no lugar de Romário

Luiz Felipe Scolari não aceitou a pressão da imprensa e deixou Romário, herói da Copa do Mundo de 1994, de fora da seleção brasileira no Mundial de 2002, realizado na Coreia do Sul e no Japão. Para ocupar a vaga de atacante principal do time, Felipão apostou em Ronaldo Fenômeno, que havia passado por uma grave lesão no joelho. A reação dos jogadores convocados, no entanto, foi indiferente. Quem garante é Vampeta, comentarista do Grupo Jovem Pan que estava no elenco pentacampeão com o Brasil.

“Rapaz, para estar na Copa do Mundo, a gente reza, ora, chama para todos os santos, cada um com a sua crença. Ninguém se preocupou, não. Ninguém se preocupou! Os atacantes chamados foram Ronaldo, Edílson, Ronaldinho Gaúcho, Denílson e Luizão. No meio-campo, muita gente boa ficou de fora, como César Sampaio, Juninho Pernambucano, Felipe. Mas, ali, cada um ficou na sua, rezando. Romário tinha um grande nome e podia jogar a Copa de 2002, mas o Felipão teve os seus motivos”, disse, ao longo do programa “Pergunte ao Vampeta” desta semana.

Há três anos, em um evento na Espanha, Felipão relatou que os atos de indisciplina do Baixinho pesaram na convocação. “Às vezes, um jogador melhor tecnicamente não é o melhor para a equipe. A decisão mais difícil que tive na Copa de 2002 foi convocar o Ronaldo e deixar Romário fora”, reconheceu.

Assista ao programa completo abaixo: