Nadja Pessoa fala sobre affair com Eduardo Costa: ‘Não estou namorando’

Atriz também relembrou sua expulsão em ‘A Fazenda’, disse o que pensa dos participantes da atual edição e falou sobre o fim do relacionamento com o cantor D’Black

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2020 12h52
Reprodução/Instagram/nadjapessoa/eduardocostaNadja Pessoa diz que não está namorando com Eduardo Costa

A atriz Nadja Pessoa, uma das participantes mais populares de todas edições de “A Fazenda”, relembrou no Tô na Pan desta quarta-feira, 25, o chute que deu em Caique Aguiar e resultou na sua expulsão do reality show da Record. “Eu me arrependi muito. Eu me senti muito mal pelas pessoas que estavam envolvidas e torcendo por mim. Não sou apegada a dinheiro, mas muitas pessoas lutaram tanto para que eu conseguisse”, disse a artista que era a favorita da 10ª edição do reality show. Sobre Caique, seu maior desafeto na casa, ela foi clara: “Eu ainda detesto. Ele se junta com o pai dele e fala muito mal de mim. Eles vão aos programas de TV e me chamam de louca”. Nadja está acompanhando a atual edição do programa, mas disse não está torcendo para ninguém. Na visão da atriz, Jakelyne é “muito chata” e, mesmo não concordando com algumas atitudes de Biel, ela acha o cantor um grande jogador. Já Jojo Todynho, ela acredita que está se queimando aqui fora: “Vejo ela como a Ana Paula Renault, muito nariz em pé. Tem que baixar um pouco a cabeça”.

Após rumores de que estaria vivendo um romance com Eduardo Costa, Nadja confirmou que eles se conhecem, mas desconversou sobre o suposto affair. “Não estou namorando”, disse aos risos. A atriz foi casada com o cantor D’Black e falou que por pouco ele não entrou em “A Fazenda 20”. A ex-peoa também confirmou que o fim do relacionamento foi conturbado: “Estou correndo de homens parecidos com meu ex. Ele era uma pessoa boa para mim, não vou mentir, mas ele era covarde. Gosto de gente que encara, que fala e resolve, mas uma pessoa falsa, fria, calculista, que calcula tudo, que faz tudo pelas suas costas e você leva um golpe sem você saber, te causa danos psicológicos muito grandes. Foi o que aconteceu comigo. Se ele tivesse conseguido sair pela porta da frente, hoje a gente poderia ser amigo”.