Após acusações de pedofilia, PC Siqueira volta com canal no YouTube e é criticado

O youtuber ficou afastado da internet depois que vazaram mensagens polêmicas na redes sociais

  • Por Jovem Pan
  • 25/11/2020 12h02 - Atualizado em 25/11/2020 12h42
Reprodução/YouTubePC Siqueira volta a postar vídeo no YouTube

O youtuber PC Siqueira voltou a postar vídeos no seu canal do YouTube após ser acusado de pedofilia em junho deste ano. Com a repercussão do caso, o influenciador precisou prestar depoimento na polícia e decidiu se afastar da internet. Cerca de cinco meses depois, ele publicou um novo vídeo em que simula estar apresentando um jornal, mas seu retorno não agradou diversos seguidores. O nome do youtuber já está entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta quarta-feira, 25. “Eu não sei o que é pior, o PC Siqueira ter a cara de pau de voltar pro YouTube e agir normalmente, ou vocês irem lá e dar view pra ele. Mesmo que seja pra falar mal, vocês, ainda estão dando palco”, reclamou um seguidor. “PC Siqueira tá sinistro naquele vídeo. Deu um pouco de medo”, comentou outro. “O PC Siqueira tá irreconhecível, meu Deus, tá me dando medo esse ‘depois’ dele”, acrescentou mais um.

PC Siqueira começou a ser investigado após o vazamento de supostas mensagens em que ele diz que recebeu fotos de uma criança de seis anos nua. As imagens, segundo ele, foram enviadas pela própria mãe da menina. Na época, o youtuber declarou o seguinte: “Fui pego de surpresa ao ver meu nome sendo utilizado por uma articulação criminosa, que tentou me acusar de algo terrível, que jamais cometi ou cometeria. Confesso que fiquei chocado, atordoado e passei por um dos piores momentos da minha vida. Ninguém imagina um dia ver seu próprio nome envolvido com um crime abominável”. Após a polêmica, Cauê Moura e Rafinha Bastos abandonaram o canal Ilha dos Barbados, do qual participavam com o influencer.