Avião que transportava Marília Mendonça estava em situação regular na Anac

Aeronave foi fabricada em 1984 e tinha capacidade para seis pessoas; cantora de 26 anos foi uma das cinco vítimas fatais do acidente que ocorreu em Caratinga, em Minas Gerais

  • Por Jovem Pan
  • 05/11/2021 18h20 - Atualizado em 05/11/2021 19h30
Reprodução/Twitter Imagem aérea de acidente com aeronave Acidente envolvendo a cantora Marília Mendonça ocorreu na tarde desta sexta-feira, 5

A aeronave que transportava a cantora Marília Mendonça estava em situação regular para táxi aéreo, segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A artista de 26 anos foi uma das cinco vítimas fatais do acidente que ocorreu no município de Caratinga, em Minas Gerais. O avião bimotor, um Beech Aircraft, prefixo PT-ONJ, fabricado em 1984, foi comprado pela PEC Táxi Aéreo em julho de 2020 e tinha capacidade para seis pessoas. Além da sertaneja, também morreram o produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto e o copiloto do avião.

Em nota, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), disse que vai investigar o acidente fatal. “Investigadores do Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (seripa 3), localizado no Rio de Janeiro (RJ), órgão regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), foram acionados para realizar a ação inicial do acidente envolvendo a aeronave de matrícula PT-ONJ, nesta sexta-feira (5/11), em Caratinga (MG)”, afirma o documento.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”, diz a nota divulgada pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. A equipe da cantora também se manifestou. “Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-pilto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos”, diz íntegra do texto.

Marília Mendonça nasceu na cidade de Cristianópolis, em Goiás, no dia 22 de julho de 1995. Ícone da música sertaneja, a cantora fez sucesso com as canções “Infiel” e “Eu sei de cor”. Horas antes do acidente fatal, a artista fez uma publicação nas redes sociais brincando com as comidas típicas mineiras, que não poderia comer por estar de dieta. “Essa é a realidade, meu povo!”, escreveu a sertaneja, que aparece caminhando em direção ao avião. “Me conta aqui nos comentários mais delícias desse Estado maravilhoso que é Minas Gerais!”, diz a legenda. Na sequência, aparecerem imagens dela comendo frutas e praticando exercícios.

Informações sobre aeronave particular

Detalhes do registro da aeronave que transportava a cantora Marília Mendonça