Aguinaldo Silva irrita atores globais após comentário sobre Beyoncé; entenda

Autor de ‘Império’ criticou a repercussão pelo fato da cantora ser a primeira mulher negra a usar um colar com um diamante avaliado em R$ 160 milhões

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2021 09h20
Reprodução/Instagram/jessicaellen/aguinaldofsilva/rafaelzulu/25.08.2021 Jessica Ellen e Rafael Zulu rebateram Aguinaldo Silva após comentário sobre Beyoncé

O autor Aguinaldo Silva gerou polêmica ao fazer um comentário envolvendo a cantora Beyoncé, que virou assunto nas redes sociais nos últimos dias por ser a quarta pessoa e a primeira mulher negra a usar um colar da joalheria Tiffany com um diamante avaliado em R$ 160 milhões. No Twitter, o autor de “Império”, trama que está sendo reprisada atualmente na Globo, e também de novelas como “Fina Estampa” e “Senhora do Destino” comentou sobre o assunto: “Joelly tem 37 anos, é negra, diarista, mãe de três filhos e nenhum pai para ajudar a criá-los. Fico aqui a imaginar o que lhe passa pela cabeça quando ela lê notícias como essa sobre o colar milionário de Beyoncé. Gente, vamos cair um pouco na real, tá legal? Para mim, justiça social só quando qualquer mulher, independente da raça, idade, religião ou fama puder usá-lo. Isso acontecerá algum dia? O que vocês acham?”.

A atriz Jéssica Ellen rebateu Aguinaldo nos comentários de uma publicação sobre o assunto no Instagram. “Vamos falar de Brasil? Quando em suas novelas seus protagonistas tiveram a pele como a minha? Quando em suas novelas a cultura preta brasileira foi abordada para ajudar na autoestima da população preta? Quando eu olho a imagem da Beyoncé poderosa e milionária, penso na potência que nós negros somos e o quanto ela inspira milhares de pessoas pretas no mundo todo. Em pleno 2021, a lista de protagonistas pretas na TV brasileira não chega nem a 5 nomes… e não é por falta de talento e, sim, oportunidades. O problema do Brasil não é a Beyoncé ser milionária, é a elite branca se incomodar com nossa autonomia e ascensão social”, escreveu a artista que esteve recentemente no elenco de “Amor de Mãe”. “O problema é ainda sermos vistos apenas como descendentes de escravizados e não reais potências! O problema é ter um país com mais de 50% da população preta e isso nem sequer está representado nos filmes e novelas”, concluiu.

Quem também se manifestou foi o ator Rafael Zulu, que está no ar na reprise de “Ti Ti Ti”: “Ah, Sr. Aguinaldo Silva, acorda! Nunca vi protagonista preto em seus trabalhos… e olha que não foram poucos. O senhor sempre foi do dreamteam dos autores da rede globo nos tempos áureos e nada de preto em destaque. Agora me vem na altura do campeonato criticá-la por isso??? Para a gente ela é referência e régua de onde queremos e podemos chegar. Não vem colocar a gente contra nosso povo não… não caímos mais nessa”. A influenciadora digital Tia Má, que faz participações do “Encontro”, foi outra artista que criticou a fala do autor: “Para ele, os anos de apagamento, de invisibilidade e de representação de estereotipada não é nada. ‘Império’ é uma novela de outro dia, do autor, e mesmo assim é ínfima a quantidade de artistas pretos no elenco. Para ele, isso não é um problema. Mas, uma mulher preta, bilionária, com seu colar milionário, incomoda porque nos tira do papel de subserviência, de animalização que a branquitude adora nos colocar. Chega!!! Não dá mais para dizer que não sabem, que estão aprendendo! Se incomodam com a nossa ascensão, quem mesmo a nossa submissão”.