Juliana Paes defende Nise Yamaguchi após depoimento na CPI da Covid: ‘Merece respeito’

Atriz está sendo criticada nas redes sociais após dizer que a médica foi coagida e interrompida na comissão

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2021 14h25 - Atualizado em 02/06/2021 16h07
Reprodução/Instagram/julianapaes/02.06.2021Juliana Paes está sendo criticada nas redes sociais por defender Nise Yamaguchi

A atriz Juliana Paes opinou nas redes sociais sobre o depoimento da médica Nise Yamaguchi na CPI da Covid-19, que aconteceu na última terça-feira, 1º. Nos stories do Instagram, a artista, que protagonizou novelas como “A Dona do Pedaço” e “Caminho das Índias”, postou uma foto da médica e escreveu: “Show de horror e boçalidades na CPI da Covid. Certa ou errada… não importa! Intimidação, coação, fala interrompida… mulher merece respeito em qualquer ambiente”. Um dos principais pontos no depoimento de Nise Yamaguchi foi sobre as acusações de que ela teria sugerido realizar mudanças na bula do medicamento cloroquina com o intuito de que ele fosse usado no tratamento da Covid-19, assim como era esperado pelo presidente Jair Bolsonaro. Após a publicação feita nesta quarta-feira, 2, o nome de Juliana Paes foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter. A atriz está sendo muito criticada, principalmente por pessoas que são contra o atual governo. “Juliana Paes pedindo sororidade para médica negacionista. Pergunta a bonita onde estava a sororidade quando [a ex-presidente] Dilma ouviu um estádio mandando ela tomar no c*, ou quando teve que responder a 48 senadores por 13h e era abruptamente interrompida?”, escreveu um seguidor. “‘Certa ou errada, não importa.’ Sim, Juliana Paes, não importa não, é só a médica referência do presidente do país pra lidar com a Covid…”, ironizou outro. “Alguém avisa a Juliana Paes que estamos falando de 465 mil brasileiros mortos? ‘Certa ou errada’ não importaria se não estivesse em jogo a vida das pessoas”, acrescentou mais um.