Juliette manifesta apoio a Gil do Vigor após ataque homofóbico de conselheiro do Sport

Campeã do ‘BBB 21’ respondeu uma publicação de seu companheiro de reality: ‘Seremos resistência’

  • Por Jovem Pan
  • 15/05/2021 14h55 - Atualizado em 15/05/2021 15h04
Reprodução/TV GloboJuliette foi campeã do 'BBB 21' e, apesar de algumas brigas, foi uma grande aliada de Gilberto no reality

A campeã do “BBB 21”, Juliette Freire, demonstrou apoio ao seu companheiro de reality Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, após ele ser alvo de ofensas homofóbicas por parte de Flávio Koury, conselheiro do Sport, que ficou revoltado com uma dança feita pelo pernambucano em sua visita à Ilha do Retiro. “Seremos resistência a qualquer tipo de preconceito. Conte comigo, Gil”, disse Juliette. Na tarde desta sexta-feira, 14, Gilberto disse ter se incomodado com as declarações. “Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca muito! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo… É muita dor”, escreveu o economista em seu perfil no Twitter.

O ex-BBB também recebeu apoio do atual capitão do Sport, o atacante Patric. “O Sport é plural, ele ama todos, ele cuida de todos, ele abraça todos. Você é um guerreiro”, disse o atleta em vídeo publicado em seu perfil no Instagram. Além dele, famosos e políticos também mandaram mensagens para Gilberto. O pedetistas Ciro Gomes foi um deles. “Força, Gil! Saiba que o carinho e a admiração do povo brasileiro por você são maiores que todo ódio e obscurantismo. Não se deixe abater nem fique calado. Conte com minha solidariedade e meu apoio”, escreveu o político. A cantora Pabllo Vittar também se manifestou, dizendo que “só jogam pedra em árvore frutífera”. Ainda nesta sexta-feira, o clube Sport Recife emitiu um comunicado contra a homofobia. “O Sport Club do Recife é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport. Um clube plural, do povo. A maior torcida do Norte/Nordeste. Não segregamos quem ama o Sport. O amor que une nossa torcida ao clube é incondicional. O Sport e o Conselho Deliberativo garante que estão tomando todas as providências para que esse e todo e qualquer ato de preconceito seja devidamente penalizado. Obrigado Gil, por levar o nome do Sport para todo o mundo”, diz a nota.