Leo Picon xinga seguidores após ser ‘cancelado’ por piada envolvendo o serial killer Lázaro

Influenciador digital fez um post dizendo que o criminoso foi inventado para evitar nova onda de Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2021 09h14 - Atualizado em 17/06/2021 09h28
Reprodução/Instagram/leopicon/17.06.2021Leo Picon foi criticado nas redes sociais por dizer que Lázaro era 'fake news'

O influenciador digital Leo Picon gerou polêmica nas redes sociais ao postar no Twitter um comentário relacionando a pandemia com o serial killer Lázaro Barbosa de Souza, que está sendo procurado pela polícia e tem aterrorizado a população do Distrito Federal (DF). “Verdade que o Lázaro é uma ‘fake news’ para deixar as pessoas com medo de sair de casa e evitar a terceira onda [de Covid-19]?”, escreveu o influenciador no Twitter. O post não agradou muitos seguidores que afirmaram que fazer esse tipo de comentário é um desrespeito com as famílias das vítimas que Lázaro matou. Com a repercussão negativa, Leo se pronunciou nos stories do Instagram e criticou as pessoas que estavam “cancelando” ele por isso. “Eu apaguei o tweet porque tinha gente incomodada, mas eu fiz uma piada sobre o quão assustador é o comportamento desse cara que dá medo de sair da rua. Em nenhum momento eu faltei com respeito”, começou dizendo. “Para as pessoas que acharam um absurdo, vocês precisam chupar uma ro**, é isso o que está faltando. Não tenho problema em mandar todos vocês tomarem no c*.” Rindo, ele acrescentou: “Quem são vocês? Porra nenhuma”. Na visão de Leo, ele apenas fez uma piada ruim. “Vocês tinham que se incomodar e ocupar o tempo de vocês com outras coisas. Talvez exista um vazio existencial em vocês”, escreveu em um dos stories.