Marilyn Manson concorda em se entregar à polícia por suspeita de agressão

Artista teria cuspido e atirado meleca em um dos cinegrafistas durante um show; cantor também é acusado por mulheres de estupro e abuso

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2021 15h39
Reprodução/TwitterEle será processado em agosto, mas não precisará estar presente no tribunal

Acusado por mulheres de estupro e abuso, o cantor Marilyn Manson concordou em se entregar à polícia de Los Angeles por um mandado de prisão ativo referente a uma situação ocorrida em 2019, em New Hampshire. Segundo o site Deadline, durante um show no Pavilhão do Banco de New Hampshire, Manson teria cuspido e atirado meleca em um dos cinegrafistas. O mandado foi emitido em maio em Gilford, New Hampshire, depois que Manson não respondeu às acusações apresentadas contra ele naquela jurisdição. As acusações contra o cantor são de simples agressão e contravenção de classe A. Ele será processado em agosto, mas não precisará estar presente no tribunal. O advogado do artista nega qualquer comportamento agressivo no show. Manson também está sendo processado pela atriz Esmé Bianco, que interpretou a personagem Ros no seriado “Game Of Thrones”, por estupro e tortura. Bianco diz que o cantor a drogou, a estuprou e a agrediu com um chicote que, segundo ele, teria sido utilizado por soldados nazistas.