Pai de Britney Spears diz que seria elogiado se soubessem os reais problemas mentais da cantora

Em documentos judicias, Jaime Spears diz que a tutela salvou a artista do desastre e a protegeu

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2021 11h47 - Atualizado em 24/08/2021 19h14
Reprodução/Instagram/britneyspears/19.07.2021Pai de Britney Spears falou que tutela 'facilitou a restauração da carreira' da artista

Após Jaime Spears desistir da tutela da filha, a cantora Britney Spears, foram divulgados documentos judiciais no qual ele afirma que os problemas de saúde mental da artista são muito mais graves do que o público imagina. Segundo o The Sun, no processo de 15 páginas, apresentado pela advogada de Jaime, Vivien Thoreen, ao Tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, foi escrito: “Se o público conhecesse todos os fatos da vida pessoal da Sra. Spears, não apenas seus altos, mas também seus baixos, todos os vícios e problemas mentais, problemas de saúde com os quais ela tem lutado, e todos os desafios da tutela, eles elogiariam o Sr. Spears pelo trabalho que ele fez, não o difamariam”.

O pai da estrela pop também declarou por via judicial que iniciou o tratamento da filha, mas não supervisionou nos últimos anos a ingestão dos medicamentos prescritos. Em contrapartida, Britney declarou que recebia ordens para usar drogas que afetavam seu humor e estabilidade mental. A artista também afirmou que quer abrir um processo criminal contra o pai em uma audiência que aconteceu em junho. No processo, Jaime tenta provar que tudo o que fez foi para ajudar a filha: “Não há dúvida de que a tutela salvou a Sra. Spears do desastre, apoiou-a quando ela mais precisava, protegeu ela e sua reputação de danos e facilitou a restauração de sua carreira”. O pai da artista também falou por meio do processo que só concordou em desistir da tutela para preservar Britney dessa “rixa pública”, mas enfatizou que ele deveria continuar como tutor da cantora – função que assumiu em 2008. A próxima audiência do caso está marcada para 29 de setembro.