Thaynara OG faz desabafo e revela que foi parar na UTI após lipoaspiração; assista

Influenciadora disse que ficou abalada com a morte de Liliane Amorim e decidiu falar do sofrimento que passou no ano passado por pressão estética

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2021 11h37 - Atualizado em 25/01/2021 12h34
Reprodução/Instagram/thaynaraogThaynara OG fez um vídeo contando sobre um procedimento estático que fez e deu errado

A morte da influenciadora digital Liliane Amorim, que faleceu aos 26 anos após ter complicações por realizar uma lipoaspiração, deixou a também influenciadora Thaynara OG muito abalada. Emocionada, ela decidiu fazer um desabafo e contar que foi parar na UTI após fazer um procedimento estético parecido em março do ano passado. “Isso mexeu comigo, fiquei muito mal e tornou ainda maior a necessidade de vir aqui compartilhar com vocês de algo que sempre tive vontade de falar, conversar sobre, mas não tinha a coragem, tinha receio e um pouco de vergonha”, começou dizendo. Thaynara explicou que sente uma insegurança com seu corpo e por pressão estética decidiu fazer um novo tipo de lipoaspiração com um profissional que não era de sua confiança e contou que não aceitou fazer o procedimento por permuta e pagou para garantir seus direitos caso algo desse errado.

Após a cirurgia, ela não teve contato imediato com o seu cirurgião, apenas com a anestesista. O problema é no dreno estava saindo muito sangue e, no dia seguinte, quando recebeu a visita do médico que realizou o procedimento, ele disse que estava tudo bem. “Ele falou que não ia me dar alta, mas que estava feliz por estar me vendo corada, bem e tal, sendo que eu não estava bem. Todo mundo que estava presente ficou sem entender”, contou Thaynara. “Eu estava com a cor tão branca que eu perdi o delineado da boca. A minha mãe foi falar com um médico de plantão do hospital, o levou até o quarto e lá eles viram [que não estava bem]. ‘Gente, ela tem que ir para a UTI agora’. Aí bateu aquele medo. Todo mundo tenso, nervoso. Fiz exames para saber por que estava saindo tanto sangue, corri para fazer transfusão, recebi duas bolsas, tudo muito urgente.”

A influencer ficou de seis a sete dias no hospital, sendo a maior parte na UTI e se sentia culpada por ter se submetido ao procedimento estético. Ela precisou fazer mais de 50 drenagens e teve vários problemas psicológicos que só amenizaram meses depois da cirurgia, em meados de agosto. “Nesses dias na UTI, eu me sentia muito mal, não saia da cama nem para fazer xixi, nem para fazer as necessidades. Fazia tudo na cama, não podia andar de tanta dor, mandaram psicólogo lá para mim. Eu me sentia mal por ter me colocado nessa situação, por ter colocado minha família nessa situação, meu pai passou mal e meu irmão teve os gatilhos de ansiedade.” A ex-namorada de Gustavo Mioto se arrependeu de fazer o procedimento e explicou que teria que passar por outro procedimento após um ano para reverter alguns danos dessa lipoaspiração, mas confessou que está sem coragem.