Plataformas de música tiveram crescimento de 7% no número de usuários no Brasil em 2020

Grandes gravadoras dominaram mais de 50% do top-200 das músicas mais ouvidas diariamente no Spotify

  • Por Jovem Pan
  • 07/12/2021 19h59
ReproduçãoPesquisa levou em conta apenas aplicativos de áudio e desconsiderou os que também tem vídeo

As plataformas de execução de música tiveram um crescimento de 7% no número de usuários no Brasil em 2020, totalizando 60 milhões de brasileiros presentes nos serviços, segundo dados divulgados nesta terça, 7, pela Associação Brasileira de Música Independente (ABMI), durante o evento Rio Music Market. Os números se referem tanto a usuários que pagam pelos aplicativos quanto pelos que utilizam de graça, com anúncios comerciais, e não incluem plataformas de vídeo, apenas de áudio. O número de gravações disponíveis para serem ouvidas cresceu 19%, chegando a 830 mil. As grandes gravadoras dominaram 54,6% do top-200 das músicas mais ouvidas do Spotify de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2020, enquanto os 45,4% restantes ficaram com as independentes. Para quem gosta dos formatos físicos, a situação não é boa: a venda de CDs caiu 32% e a discos de vinil 41% em relação a 2019.