Filha de Bruce Lee lamenta acidente em ‘Rust’ e morte do irmão em set de filmagem volta à tona

Após o disparo acidental do ator Alec Baldwin, Shannon Lee declarou que ninguém deveria ser morto a tiros durante a gravação de um filme

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2021 09h30 - Atualizado em 22/10/2021 09h31
Reprodução/Twitter/brandonblee/22.10.2021Brandon Lee morreu aos 28 anos após levar um tiro nas gravações de 'O Corvo'

A filha do ator Bruce Lee, Shannon Lee, usou o Twitter que criou para manter viva a memória do irmão, Brandon Lee, para lamentar o acidente que deixou mortos no set de filmagens do filme “Rust”. Conforme divulgado pela imprensa internacional, o ator Alec Baldwin atirou acidentalmente com uma arma cenográfica e atingiu uma mulher, que não resistiu, e deixou um homem ferido. “Nossos corações estão com a família da [diretora de fotografia] Halyna Hutchins e do [diretor do filme] Brandon Lee e todos os envolvidos no incidente em ‘Rust’. Ninguém deveria ser morto por uma arma em um set de filmagem”, escreveu Shannon, que perdeu o irmão em um acidente que também aconteceu durante a gravação de um filme. 

Com a carreira em ascensão, Brandon conseguiu um papel de destaque no filme “O Corvo”, de 1994, mas sofreu um acidente no set de filmagens e morreu, aos 28 anos, em 31 de março de 1993. O acidente aconteceu enquanto gravava uma cena em que o personagem do filho de Bruce Lee, Eric Draven, era baleado após testemunhar o estupro da noiva. O ator Michael Massee foi quem atirou no jovem artista. Segundo divulgado pelo The Sun, o ator deveria levar um tiro de festim, mas devido a um erro da produção do longa, que não checou a arma, a bala foi disparada com força. Brandon foi atingido no abdômen e precisou ser levado às pressas para o hospital, mas não resistiu. As gravações do filme foram suspensas em um primeiro momento, mas a produção foi concluída com um dublê do ator, pois faltavam oito dias para conclusão das gravações. Na época, o filme foi lançado como uma homenagem a Brandon.