The Rock recusa convite para ‘Velozes e Furiosos 10’ e acusa Vin Diesel de ‘manipulação’

Dwayne Johnson não gostou do convite que o ator fez nas redes sociais para ele retornar à franquia, pois eles já tinha conversado em particular sobre o assunto

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2021 17h50
Reprodução/Universal Studios/13.10.2021 Cena de Velozes e Furiosos com Vin Diesel e Dwayne Johnson Dwayne Johnson recusou o convite de Vin Diesel para fazer 'Velozes e Furiosos 10'

O desentendimento entre os atores Dwayne Johnson e Vin Diesel ganhou um novo capítulo, isso porque The Rock recusou o convite para participar de “Velozes e Furiosos 10. Em novembro deste ano, Vin fez um post no Instagram convidando Dwayne para retornar ao 10º filme da franquia . “Meu irmão mais novo, Dwayne… chegou a hora. O mundo aguarda o final do ‘Velozes 10’. Como você sabe, meus filhos se referem a você como tio Dwayne aqui em casa. Não há um feriado que vocês não troquem felicitações… mas chegou a hora. O legado o aguarda. Eu disse a você anos atrás que iria cumprir minha promessa a Pablo [Paul Walker]. Jurei que atingiríamos e faríamos o melhor para o final, que é ‘10’! Falo isso por amor… mas você tem que aparecer, não deixe a franquia, você tem um papel muito importante a cumprir. Hobbs [personagem de Dwayne] não pode ser tocado por nenhum outro ator. Espero que você esteja à altura da ocasião e cumpra seu destino”, escreveu. 

O ator não respondeu a publicação na ocasião, mas quebrou o silêncio e comentou sobre o assunto em uma entrevista à CNN americana. Dwayne criticou o colega de elenco por ter feito um convite público nas redes sociais, pois eles já tinham chegado a um acordo em uma conversa que tiveram em particular. “Fiquei muito surpreso com a postagem recente de Vin. Em junho passado, eu disse a ele diretamente – e em particular – que não voltaria para a franquia. Fui firme, mas cordial com minhas palavras e disse que sempre apoiaria o elenco e sempre torceria para que a franquia tivesse sucesso, mas que não havia chance de eu voltar. Falei em particular com meus parceiros da Universal [estúdio do filme], todos os quais me apoiaram muito. Eles entendem o problema”, declarou o ator. 

Na visão de The Rock, a postagem de Vin foi uma tentativa de “manipulação”. “Não gostei que ele tenha jogado seus filhos na história, assim como da morte do Paul Walker. Deixe-os fora disso. Havíamos falado sobre isso meses atrás e chegamos a um entendimento claro. Meu objetivo o tempo todo era terminar minha incrível jornada com essa incrível franquia ‘Velozes e Furiosos’ com gratidão e graça. É uma pena que esse diálogo público tenha deixado as águas turvas. Apesar de tudo, estou confiante no universo de ‘Velozes’ e em sua capacidade de entregar algo consistente ao público. Eu realmente desejo aos meus ex-colegas de elenco e membros da equipe muita sorte e sucesso no próximo capítulo”, concluiu. O desentendimento entre os atores começou nos bastidores do sétimo filme da franquia, em 2016, e se tornou público após Dwayne fazer um post dizendo que faltava profissionalismo de alguns atores no set de filmagens.