Últimas palavras da diretora de fotografia morta por Alec Baldwin são reveladas

Halyna Hutchins foi atingida acidentalmente pelo ator, que não sabia que continha uma bala real na arma que segurava, no set de filmagens do filme ‘Rust’

  • Por Jovem Pan
  • 01/11/2021 13h16
Reprodução/Instagram/halynahutchinss/22.10.2021 Halyna Hutchins Halyna Hutchins morreu após levar um tiro acidental de Alec Baldwin

Novos detalhes sobre morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins foram divulgados. Ela foi baleada acidentalmente pelo ator Alec Baldwin no último dia 22 de outubro no set de filmagens do filme “Rust”. Após ouvir 14 profissionais envolvidos na produção do longa, o jornal americano LA Times divulgou qual foi a reação de Alec e quais foram as últimas palavras da diretora após ela ser atingida. O acidente aconteceu quando o ator estava se preparando para gravar uma cena, ele não sabia que o revólver estava carregado com munição real quando o disparo aconteceu.

Ao ser atingida, Halyna tropeçou para trás e caiu nos braços do eletricista chefe do set de filmagens. A mesma bala atingiu o diretor Joel Souza, que também caiu no chão e, segundo o jornal americano, ele declarou: “O que diabos foi isso? Queima”. Alec colocou a arma de um banco e começou a dizer repetidamente: “O que diabos acabou de acontecer?”. Em meio à confusão, a equipe do filme correu para perto de Halyna para saber como ela estava e alguém gritou: “Médico”. Nesse momento, um operador de boom olhou nos olhos da diretora e disse: “Oh, isso não foi bom”. Ela conseguiu responder: “Não, isso não foi bom. Isso não foi nada bom”. Poucas horas depois, ela foi declarada morta. Joel chegou a ser hospitalizado, mas logo recebeu alta e está bem. O caso passou a ser investigado pela polícia americana.