Ex-jogador alemão Thomas Hitzlsperger assume homossexualidade

  • Por Agencia EFE
  • 08/01/2014 10h25

Thomaz garantiu que escolheu a melhor hora para anunciar escolha

Thomaz garantiu que escolheu a melhor hora para anunciar escolha

O ex-jogador alemão Thomas Hitzlsperger admitiu ser homossexual em entrevista que será publicada na quinta-feira pelo jornal alemão “Die Zeit”.

“Falo do meu homossexualismo porque quero impulsionar a discussão sobre o tema no esporte profissional”, disse o ex-jogador, quatro meses após anunciar sua aposentadoria.

O reconhecimento de sua própria homossexualidade foi para Hitzlsperger um processo longo e difícil. “Só nos últimos anos tive certeza de que preferia viver com um homem”, disse.

Hitzlsperger, de 31 anos, jogou entre 2004 e 2010 52 partidas com a seleção alemã e defendeu as cores do Aston Villa e do Everton, na Inglaterra, do Stuttgart – equipe na qual foi capitão -, e do Wolfsburg na Alemanha, e da Lazio, na Itália.

Hitzlsperger é o primeiro jogador que fala abertamente sobre sua opção sexual na Alemanha.

O ex-jogador disse que nunca se envergou por ser homossexual, mas admitiu que muitas brincadeiras sobre o tema que são feitas nos vestiários não são fáceis de suportar.

No ano passado, a Federação Alemã de Futebol (DFB) pediu para os jogadores homossexuais “saírem do armário”.