Botafogo demite Marcelo Chamusca após início ruim na Série B do Brasileirão

Ao todo, o técnico comandou o time carioca em 26 partidas, com nove vitórias, doze empates e seis derrotas, contabilizando 50% de aproveitamento

  • Por Jovem Pan
  • 13/07/2021 15h14 - Atualizado em 13/07/2021 16h38
Foto: ALDO CARNEIRO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Marcelo Chamusca foi demitido pela diretoria do Botafogo

O Botafogo anunciou na tarde desta terça-feira, 13, que demitiu Marcelo Chamusca. O treinador não resistiu à pressão da torcida após o mau início do Glorioso na Série B do Campeonato Brasileiro — o time é apenas o 10º colocado, com 13 pontos, quatro a menos que o CRB, primeiro dentro da zona de classificação para a elite do nacional. Ao todo, o técnico comandou o time carioca em 26 partidas, com nove vitórias, doze empates e seis derrotas, contabilizando 50% de aproveitamento. “O auxiliar técnico Caio Autuori e o preparador físico Roger Gouveia também estão de saída. O clube deseja sucesso aos profissionais em seus futuros projetos”, informou em nota.

Chamusca foi bancado pela diretoria botafoguense mesmo após a eliminação precoce na Copa do Brasil diante do ABC e o mau início na 2ª divisão. No último final de semana, após o empate em 3 a 3 diante do Cruzeiro, onde o Botafogo conseguiu a igualdade apenas nos minutos finais, a insatisfação da torcida foi intensificada, culminando na demissão do técnico. O Botafogo, agora, volta a campo no próximo sábado, quando encara o Brusque, fora de casa, às 19h (de Brasília), pela 12ª rodada da Série B. Até lá, a expectativa é que um novo profissional seja anunciado.