Adversário do Corinthians, Vitória também sofreu com desmanche e troca de treinadores

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2018 17h30
Maurícia da Matta / EC VitóriaPaulo César Carpegiani, terceiro treinador na temporada, orienta jogadores do Vitória

Vice-campeão da Copa do Brasil, o Corinthians voltará a campo neste domingo (21), às 16 horas, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O adversário será o Vitória, que assim como o Timão foi derrotado 23 vezes ao longo da temporada – times da Série A que mais perderam, e teve que encarar problemas semelhantes, como desmanche e troca de treinadores.

O rubro-negro baiano iniciou o ano com Wagner Mancini no comando da equipe. O treinador tinha moral com a diretoria e possuía status de herói entre os torcedores após salvar o time do rebaixamento no Brasileirão de 2017, mas na 16ª rodada da competição nacional de pontos corridos deste ano, não resistiu aos maus resultados e foi demitido.

Assim como o Corinthians fez com Osmar Loss após a saída de Fábio Carille para o futebol árabe, o Vitória promoveu João Burse das categorias de base para a equipe principal. No entanto, o novo treinador durou menos que Loss no cargo – trabalhou em apenas dois jogos – e foi substituído pelo experiente Paulo César Carpegiani, que segue no comando da equipe.

As semelhanças entre Vitória e Corinthians também estão em seus elencos, ou no que aconteceu com eles. Se o alvinegro paulista perdeu Balbuena, Sidcley, Maycon e Rodriguinho ao longo da temporada, o Leão viu Fernando Miguel, Uillian Correia, José Welison, Denilson e Kieza deixarem o Barradão para defenderem outros clubes do futebol brasileiro.

Ausências importantes que refletiram nos resultados da equipe dentro de campo, tanto que o Vitória passou nove das 29 rodadas da competição nacional de pontos corridos na zona do rebaixamento e atualmente se encontra na 16ª posição, a um ponto da degola. Agora chegou a hora dos times, que viveram dramas parecidos, medirem as forças que restaram.