Corinthians informa 8 jogadores e 11 funcionários infectados pelo coronavírus

De acordo com o Alvinegro paulista, todos foram afastados e seguem isolados sob os cuidados do Departamento Médico do Clube, sendo que alguns dos infectados estão com sintomas e fizeram exames complementares no Hospital São Luiz, unidade Morumbi

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2021 17h39 - Atualizado em 02/03/2021 17h58
Xandy Rodrigues/Estadão ConteúdoCássio contraiu a Covid-19 e está fora do clássico contra o Palmeiras

O Corinthians confirmou o novo surto da Covid-19 após a contraprova realizada nesta terça-feira, 2. Em comunicado oficial, o Alvinegro paulista informou que oito jogadores e onze funcionários testaram positivo para a doença em testes realizados no CT Dr. Joaquim Grava. De acordo com a nota, todos foram afastados e seguem isolados sob os cuidados do Departamento Médico do Clube, sendo que alguns dos infectados estão com sintomas e fizeram exames complementares no Hospital São Luiz, unidade Morumbi.

Entre os jogadores do elenco principal, os infectados são: os goleiros Cássio e Guilherme, os laterais Fagner e Fábio Santos; o zagueiro Raul Gustavo, os meio-campistas Gabriel e Ramiro, além do atacante Cauê. Desta forma, os oito são desfalques para a partida contra o Palmeiras, ainda marcada para esta quarta-feira, 3, na Neo Química Arena, a partir das 19h (de Brasília) e válida pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Na tarde desta terça-feira, ao longo do noticiário do Grupo Jovem Pan, o repórter Caíque Silva trouxe a informação de que, caso as novas infecções fossem confirmadas, o Corinthians cogitaria à Federação Paulista de Futebol (FPF) o adiamento do Dérbi. Agora, no entanto, a diretoria voltou atrás e não fará a solicitação à entidade máxima do futebol estadual.

Com o novo episódio, o Corinthians vive o segundo surto da Covid-19 em seu plantel. Na metade do ano passado, no reinício do futebol, o Timão confirmou um alto número de casos entre os atletas e colaboradores. Já em janeiro de 2021, uma bateria de exames identificou dez falsos positivos no elenco do Corinthians, tirando vários deles do jogo contra o Bahia, pelo Brasileirão, em Salvador. Na contraprova, todos os casos foram negativos.