Gaviões da Fiel volta a cobrar saída de Sylvinho do Corinthians: ‘Não tem competência’ 

Mais uma vez, a uniformizada demonstrou insatisfação com o trabalho realizado pela dupla Roberto de Andrade e Alessandro

  • Por Jovem Pan
  • 19/11/2021 10h33 - Atualizado em 19/11/2021 10h40
ANDRÉ PERA/PERA PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOSylvinho analisando partida do Corinthians na Neo Química Arena

Principal torcida organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel voltou a pedir a saída do técnico Sylvinho, em carta publicada na manhã desta sexta-feira, 19, nas redes sociais. Mais uma vez, a uniformizada demonstrou insatisfação com o trabalho realizado pela dupla Roberto de Andrade e Alessandro, cobrando a demissão dos diretores. Apesar do manifesto, o grupo afirmou que irá apoiar o time no clássico marcado para este domingo, 21, diante do Santos, na Neo Química Arena, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro – até o momento, mais de 33 mil ingressos foram comercializados para o jogo.

De acordo com a Gaviões da Fiel, Sylvinho “não tem competência” para ocupar o cargo de treinador do Corinthians. “Recentemente, exigimos e continuarem exigindo a saída do atual técnico Sylvinho por entendermos que o atual treinador do Timão não tem competência para a atual função. No mês de outubro, cobramos o presidente Duílio Monteiro Alves, que naquela época rechaçava qualquer tipo de mudança no departamento de futebol”, diz a nota da organizada. “Temos ciência da responsabilidade que a Fiel Torcida nos deposita e a intenção é sempre cobrar o clube quando necessário. Portanto, no clássico contra o Santos, iremos apoiar esse grupo os noventa minutos, mas seguiremos pedindo a saída de Sylvinho”, completa.

O Corinthians chegou ao sétimo jogo sem conseguir vitórias como visitante na última quarta-feira, 17, ao perder para o Flamengo por 1 a 0, no Maracanã. Desde o fim de agosto, quando venceu o Grêmio em Porto Alegre, o time paulista também foi derrotado por Atlético-MG, São Paulo e Sport longe de seu domínio, empatando com RB Bragantino, Atlético-GO e Internacional longe da Neo Química Arena. Apesar de oscilar, a equipe comandada por Sylvinho está, atualmente, na quinta posição, dentro do grupo que vai à fase de grupos da Libertadores de 2022.

Veja a carta na íntegra abaixo: