Gilmar Fubá, ex-Corinthians, morre aos 45 anos vítima de câncer

O ex-volante conquistou um Paulista, dois Brasileiros e o Mundial de 2000 com a camisa do Alvinegro paulista

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2021 14h12 - Atualizado em 15/03/2021 17h51
Facebook/ReproduçãoGilmar Fubá foi campeão mundial pelo Corinthians

O Corinthians informou que o ex-volante Gilmar Fubá, que fez história no clube paulista, morreu nesta segunda-feira, 15, aos 45 anos de idade, vítima de um câncer. Revelado pelo Timão, o atleta também passou por Fluminense, Rio Branco, Portuguesa, Criciúma, Noroeste, Red Bull Brasil e Santa Helena, onde encerrou a carreira em 2011. No exterior, ele vestiu as cores do Schalke 04 (Alemanha), Ulsan (Coreia do Sul) e Al-Ahli (Emirados Árabes).

Fubá lutava contra um tipo de câncer de medula óssea desde 2016, quando descobriu a doença já em estágio avançado. Na ocasião, ficou mais de um mês internado no Hospital São Luiz, em São Paulo. Em janeiro de 2020, Gilmar já estava curado, mas a doença voltou. “O Sport Club Corinthians Paulista manifesta seu pesar pela precoce morte de Gilmar Fubá. Carismático ex-atleta corinthiano, ele faleceu nesta segunda-feira aos 45 anos, vítima de um câncer que o acometeu pela segunda vez. Muito querido por todos os ex-companheiros e pela Fiel Torcida, ele estava internado no hospital São Luiz, em São Paulo”, informou o Corinthians, onde Fubá ganhou uma vez o Paulistão, duas o Campeonato Brasileiro e o Mundial de Clubes de 2000.

“O Corinthians se une aos parentes, amigos e fãs do atleta neste momento de muita dor pela perda precoce de Gilmar Fubá, que sem dúvida será lembrado pelo seu bom humor e pelos títulos conquistados no Timão. Sem dúvida, deixará saudades”, completou o Corinthians, que lembrou da trajetória de Gilmar, nascido na zona leste da capital paulista, formado nas categorias de base do time do Parque São Jorge e dono de 131 partidas com a camisa do clube.