Técnico explica troca do Sub-20 do Corinthians por Botafogo: ‘tentar ser treinador de um grande clube’

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2019 17h15 - Atualizado em 16/04/2019 17h27
Vitor Silva / SS Press / BFREduardo Barroca volta a trabalhar no Botafogo após passagem pelas categorias de base do Corinthians

Eduardo Barroca, que dirigia o time sub-20 do Corinthians foi anunciado pelo Botafogo no último domingo (14). Nesta terça, o treinador foi apresentado oficialmente pelo clube carioca no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, e ao lado do presidente alvinegro Nelson Mufarrej, explicou os motivos que o levaram a aceitar o desafio.

“Desde muito novo pautei a minha carreira em tentar ser treinador de um grande clube. Existem muitas formas, mas encarei como um processo natural. Trabalhei com grandes treinadores, em categorias de base, profissional, seleções brasileiras. Entendo que o Botafogo é o melhor clube para fazer essa transição e estou preparado”, afirmou.

Eduardo Barroca, que antes de comandar o time sub-20 do Corinthians, trabalhou nas categorias de base do Botafogo, inclusive tendo conquistado o título brasileiro da categoria na temporada 2016. O retorno ao clube carioca acontece no momento certo, segundo o próprio treinador.

“Vinha trabalhando com essa expectativa, mas o Botafogo seguiu um processo natural. Como treinador eu precisava me desafiar em outro nível. Estava confortável como treinador e como eu sempre desejei ser um grande treinador era importante que eu me desafiasse. Fui para o Corinthians, mas retorno ao Botafogo com muito respeito pelo clube”, comentou.

O novo treinador foi contratado para o lugar de Zé Ricardo, demitido na última semana após a eliminação do Botafogo na Copa do Brasil com uma derrota para o Juventude. O trabalho do antigo técnico também era questionado pela queda precoce no Campeonato Carioca, quando o time ficou fora das finais terminando a competição em oitavo lugar.

Barroca sabe que terá muito trabalho pela frente, mas está confiante: “Sei dessa necessidade do Botafogo e pautarei meu trabalho em três partes. Primeiro buscar os resultados, buscar o futebol que a torcida espera e, diante do elenco, poder desenvolver os jogadores jovens do clube para aproveitarmos da melhor forma possível”, concluiu.