Fifa permite seleções olímpicas ampliarem lista de convocados de 18 para 22 atletas

Mudança aconteceu após pressão das seleções femininas dos Estados Unidos, Holanda e Suécia

  • Por Jovem Pan
  • 30/06/2021 20h25 - Atualizado em 30/06/2021 20h27
Divulgação/ COIFutebol nos Jogos Olímpicos de Tóquio começa no dia 21 de julho

Após pedidos das seleções femininas dos Estados Unidos, Suécia e Holanda, a Fifa informou que as seleções olímpicas poderão aumentar sua lista de convocados para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 18 para 22 atletas. A medida é excepcional e deve vigorar apenas para esta edição. Os novos nomes precisam ser entregues à Fifa até o próximo dia 2 de julho, na sexta-feira, e devem respeitar o limite de idade de até 24 anos. Antes da lista final, todas as seleções precisaram enviar à entidade uma lista com 50 nomes. Não foi especificado se os novos convocados devem vir desta relação. A seleção feminina brasileira já está em preparação em Portland, nos Estados Unidos. A seleção masculina se apresenta nesta quinta-feira, 1º. Essa primeira parte contará com os atletas que atuam no exterior e os jogadores que atuam no futebol brasileiro se apresentarão apenas no dia 9 de julho para a viagem ao Catar, local da segunda etapa de treinamentos.

No feminino a equipe está no Grupo F das Olimpíadas com ChinaZâmbia Holanda. As comandadas de Pia Sundhage estreiam no torneio contra as chinesas, no dia 21 de julho, no estádio Miyagi. O segundo jogo será no mesmo local contra a Holanda no dia 24 e o último confronto da fase de grupos é contra a Zâmbia no dia 27 de julho. No masculino, o Brasil está no Grupo D com AlemanhaCosta do Marfim e Arábia Saudita e abrirão o torneio no dia 22 de julho, em Yokohama. A segunda partida será contra o país africano no dia 25, também em Yokohama, e a última contra a Arábia no dia 28 de julho, em Saitama.