Al-Sadd libera Xavi Hernández para ser o novo técnico do Barcelona

Em nota, a agremiação árabe disse que o Barça pagou a cláusula de rescisão do técnico no valor de 5 milhões de euros (R$ 32 milhões na cotação atual)

  • Por Jovem Pan
  • 05/11/2021 10h44
Reprodução/Al Sadd Ídolo do Barcelona, Xavi Hernández é o atual treinador do Al-Sadd, do Catar Xavi deve acertar o seu retorno ao Barcelona ainda nesta sexta-feira

O Al-Sadd, clube do Catar, emitiu um comunicado, na manhã desta sexta-feira, 5, informando que liberou o técnico Xavi Hernández para acertar o seu retorno ao Barcelona, onde foi ídolo como jogador. Em nota, a agremiação árabe disse que o Barça pagou a cláusula de rescisão do técnico no valor de 5 milhões de euros (R$ 32 milhões na cotação atual). Desta forma, o ex-meia vai ocupar a vaga de Ronald Koeman, demitido após sequência de resultados negativos.

CEO do Al-Sadd, Turki Al-Ali disse que seu clube “concordou em cooperar com o Barcelona no futuro” e ressaltou que Xavi “é uma parte importante da história do Al-Sadd”, lembrando os feitos do treinador, que comanda o time desde 2019. “O Xavi informou-nos há poucos dias da sua vontade de ir para o FC Barcelona nesta altura, devido à fase crítica que o clube da sua cidade atravessa, compreendemos e decidimos não interferir no seu caminho”, acrescentou Turki Al-Ali no comunicado.

Segundo a imprensa espanhola, a expectativa é de que Xavi seja anunciado oficialmente ainda nesta sexta-feira. Ele embarcaria para a Espanha neste sábado, 6, e já começaria a trabalhar no clube na segunda-feira. O treinador deve levar toda a sua comissão técnica, formada por espanhóis, para o Barcelona. Um dois maiores ídolos do clube catalão, o ex-jogador defendeu as cores do time por 865 jogos, contribuindo com 109 gols e 239 assistências. Ao todo, ele participou de quatro títulos da Liga dos Campeões da Europa, oito conquistas do Espanhol e foi bicampeão mundial pelos Culés. Como treinador, ele venceu já venceu sete taças, sendo duas da Liga do Catar, duas da Copa do Emir.