Kaio Jorge é anunciado pela Juventus, da Itália, e assina até junho de 2026

Atacante foi negociado pelo Santos no começo do mês e está em Turim há duas semanas

  • Por Jovem Pan
  • 17/08/2021 18h37 - Atualizado em 17/08/2021 19h18
Reprodução/ Twitter @JuventusFC Kaio Jorge Kaio Jorge foi apresentado na Juventus

A Juventus confirmou nesta terça-feira, 17, a contratação do atacante Kaio Jorge. O jovem de 19 anos havia sido negociado com o clube italiano no início deste mês e está há duas semanas em Turim. Ele passou por exames e assinou o contrato com validade de cinco anos, até 30 de junho de 2026. Estima-se que a Juventus vai desembolsar 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 18 milhões) para ter o atacante. Além disso, o Santos vai receber bônus por metas atingidas e um percentual sobre uma eventual venda futura. Metade dos R$ 18 milhões será destinado ao Santos agora e a outra, em 2022 – além de 1 milhão de euros (R$ 6,1 milhões) após o atleta disputar uma certa quantidade de jogos. Kaio Jorge tinha contrato com o clube brasileiro apenas até o final deste ano, por isso, poderia sair de graça em 2022.

Kaio Jorge vestirá a camisa 21 na Juventus. Em comunicado o clube enalteceu a qualidade do atleta e afirmou que ele é um “atacante completo que também sabe jogar pela equipe” e que “agora está pronto para o mais estimulante dos desafios: o salto para a Europa com a camisa da Juventus”. O clube italiano valorizou os feitos do atacante nas categorias de base e no profissional, como o fato de ter se tornado o jogador brasileiro a marcar o gol mais rápido da Libertadores. Nas quartas de final da edição passada contra o Grêmio, ele balançou as redes aos 11 segundos. “Sua trajetória no futebol entre os grandes, que começou muito cedo, tem sido repleta de satisfações, muitas vezes correndo mais rápido do que o tempo e aproveitando todas as oportunidades para crescer e melhorar”, disse a Juventus.

Natural de Olinda (PE), Kaio Jorge tem 19 anos e chegou em 2013 à Vila Belmiro para jogar no time sub-11. Ou seja, ficou oito anos no Santos e foi destaque na famosa base santista acostumada a revelar tantos talentos. Fez seu primeiro jogo como profissional em 2018, ainda com 16 anos, no Brasileirão daquele ano diante do Athletico-PR. Na equipe principal, vestiu a camisa do Santos 84 vezes e marcou 17 gols. Com a camisa da seleção brasileira sub-17, o jovem conquistou o Mundial da categoria em 2019, sendo o segundo maior artilheiro do torneio e autor do primeiro gol do triunfo sobre o México na decisão. Na Juventus, vai se juntar a um grupo que tem Cristiano Ronaldo e Dybala como referências e que está passando por um processo de renovação gradual após algumas decepções nas temporadas passadas.

*Com informações do Estadão Conteúdo