Klopp conversa com torcedores LGBTQIA+ do Liverpool após cânticos homofóbicos em jogo do Inglês

No último sábado, 14, alguns torcedores dos Reds dispararam cânticos preconceituosos contra o jogador Billy Gilmour, do Norwich

  • Por Jovem Pan
  • 19/08/2021 17h24
ReproduçãoKlopp se reuniu com torcedores LGBQIA+ após um caso de homofobia no Campeonato Inglês

A primeira rodada do Campeonato Inglês ficou marcada por excelentes partidas, mas também por um ato de homofobia por parte da torcida do Liverpool. No último sábado, 14, alguns torcedores dos Reds dispararam cânticos preconceituosos contra o jogador Billy Gilmour, do Norwich. Por isso, o treinador Jurgen Klopp se reuniu nesta quinta-feira, 19, com membros do Kop Outs, grupo de torcedores LGBQIA+ do Liverpool, para discutir por que esses atos discriminatórios não deveriam acontecer novamente não só no futebol britânico, mas na sociedade como um todo.

Os gritos homofóbicos proferidos por torcedores do Liverpool foram denunciados justamente pelo Kop Outs. Através do Twitter, logo após a vitória por 3 a 0 dos Reds, o grupo condenou a atitude. “Grande resultado hoje marcado por gritos homofóbicos de alguns de nossos fãs visando o [jogador] emprestado do Chelsea, Billy Gilmour. Se você não consegue apoiar [o clube] sem recorrer a tolices preconceituosas, você não entende a YNWA”, concluiu o tuíte, uma referência ao hino do clube “Você nunca caminhará sozinho” (YNWA, em inglês).

A conta do Liverpool no Twitter, por sua vez, disse que o cântico era “ofensivo e inapropriado – uma mensagem que comunicamos repetidamente ao lado do Kop Outs”, comentou o clube. “Pedimos aos torcedores que se lembrem dos valores inclusivos do clube e evitem usar [os gritos ofensivos] no futuro”, completou também através da rede social. Em campo, o time de Salah, Roberto Firmino, Alisson e companhia volta a entrar em ação neste sábado, 21, quando recebe o Burnley, às 8h30 (de Brasília), pela segunda rodada do Campeonato Inglês.