Leonardo, diretor do PSG, diz que ‘nada mudou’ após nova proposta do Real por Mbappé

Mesmo após o time aumentar o valor e oferecer 170 milhões de euros (mais de R$ 1 bilhão, na cotação atual), o clube não parece disposto a vender o atacante na atual janela de transferências

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2021 11h55 - Atualizado em 27/08/2021 17h59
Reprodução/PSGLeonardo disse que 'nada mudou' após nova investida do Real Madrid por Mbappé

O Paris Saint-Germain segue fazendo jogo duro na negociação envolvendo Kylian Mbappé. Mesmo após o Real Madrid subir a proposta e oferecer 170 milhões de euros (mais de R$ 1 bilhão, na cotação atual), o clube não parece disposto a vender o atacante na atual janela de transferências. Em rápida conversa com a emissora espanhola “La Sexta”, o diretor esportivo do time parisiense, o brasileiro Leonardo, disse que a situação não mudou com a nova investida. “Só posso dizer que nada mudou em relação aos últimos dois dias, estamos na mesma situação”, disse em conversa com jornalista do programa “Deportes Cuatro”.

No começo da semana, o Real Madrid ofereceu 160 milhões ao PSG para tirar Mbappé do Parque dos Príncipes. Em entrevista ao jornal “Marca”, também da Espanha, Leonardo confirmou que o clube recusou a proposta e criticou os espanhóis pela abordagem. “Consideramos que a oferta não é o suficiente (para vender Mbappé). Não vou confirmar valores, mas é sobre o montante de 160 milhões de euros. É menos do que pagamos por ele [180 milhões de euros, mais bônus], e é uma questão que vai além disso”, introduziu. “É a forma como as coisas foram feitas (pelo Real Madrid), de forma desrespeitosa. Fizemos de tudo para que Mbappé siga com a gente e em uma semana não vamos mudar nosso plano”, completou o ex-jogador.

Ontem, porém, de acordo com o jornalista Fabrizio Romano, especializado no mercado de transferências, o Real Madrid propôs pagar 170 milhões de euros, mais 10 milhões condicionados ao desempenho do atleta. A oferta, segundo o repórter, seria a última da diretoria comandada por Florentino Pérez. Com contrato somente até a metade de 2022, Mbappé poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir de 1ª de janeiro do ano que vem. De acordo com a imprensa europeia, o jovem francês já externou sua vontade de migrar para a Espanha o mais rápido possível.