Manchester City renova contrato com Pep Guardiola até 2023

O treinador espanhol explicou o motivo para ter prorrogado o seu vínculo com o clube britânico

  • Por Jovem Pan
  • 19/11/2020 10h53
DivulgaçãoO Manchster City renovou o contrato com Guardiola até 2023

O Manchester City anunciou nesta quinta-feira, 19, a renovação do contrato com o treinador Pep Guardiola até 2023. Através das redes sociais, o clube britânico informou que prorrogou o vínculo com o técnico espanhol por mais duas temporadas – contratado em 2016, ele tinha acordo válido somente até o final desta temporada. Para o veículo de comunicação do City, o experiente comandante afirmou que se sente à vontade na cidade e na agremiação, reforçando que ‘tem tudo o que poderia querer’ no milionário time inglês.

“Desde que cheguei ao Manchester City, sinto-me muito bem-vindo no clube e na própria cidade. Por parte dos jogadores, da equipe, dos torcedores, do povo de Manchester e do presidente e proprietário. Ter esse tipo de apoio é a melhor coisa que qualquer manager pode ter. Tenho tudo o que poderia querer para fazer bem o meu trabalho e estou honrado com a confiança que o proprietário e o presidente demonstraram em mim para continuar por mais dois anos”, afirmou Guardiola logo após assinar a renovação.

Desde a sua chegada ao clube, o espanhol já conquistou vários títulos na Inglaterra. Até agora são duas edições do Campeonato Inglês, uma da Copa da Inglaterra, três da Copa da Liga Inglesa e duas da Supercopa da Inglaterra. O seu objetivo maior, já declarado inúmeras vezes, é a Liga dos Campeões da Europa, competição na qual ainda não passou das quartas de final. “A extensão do contrato de Pep é o próximo passo natural em uma jornada que evoluiu ao longo de muitos anos. É um produto da confiança mútua e do respeito que existe entre ele e todo o clube. Tenho certeza de que todos os torcedores do City compartilham minha alegria”, disse o empresário Khaldoon Al Mubarak, proprietário do Manchester City.

Com a permanência de Guardiol, aumenta também a expectativa pela chegada do craque Lionel Messi, que pode acontecer em janeiro, por algum valor, ou ao final da atual temporada, em junho de 2021, sem custos. O argentino segue insatisfeito no Barcelona e a possibilidade de voltar a jogar sob o comando do antigo técnico o agrada. Vale lembrar que, na última janela de transferências, o astro só não deixou a Catalunha devido a uma cláusula existente no seu contrato.