‘Se Hazard for operado novamente, corre o risco de não voltar a jogar’, diz médico

O belga sofreu a sua 11ª contusão desde que chegou ao Real Madrid e não tem previsão para retornar aos gramados

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2021 12h49
EFE/Rodrigo JiménezEden Hazard sofreu a sua 11ª contusão desde que chegou ao Real Madrid

A situação de Eden Hazard no Real Madrid pode ser mais grave do que parece. Após sofrer a sua 11ª lesão desde que trocou o Chelsea pelo clube espanhol, o meia-atacante pode até precisar encerrar a carreira. Quem garante é José González Pérez, médico que trabalhou no Atlético de Madrid por anos e que concedeu entrevista à rádio “Onda Cero”, nesta quinta-feira, 18. No entendimento do especialista, o belga pode pendurar as chuteiras, em caso de mais uma cirurgia.

“Se passar por uma terceira operação no tornozelo, pode haver a possibilidade de Hazard não voltar a jogar futebol”, disse o médico em declarações ao veículo de comunicação espanhol, alertando o processo de tratamento. “Hazard deve fazer pelo menos 10 treinos com a equipe. Se voltar depois de uma lesão dessa sem treinar, o mais normal é voltar a se lesionar”, completou.

Hazard foi contratado para ser o substituto natural de Cristiano Ronaldo, uma das principais lendas do Real Madrid da história. Após fazer uma excelente Copa do Mundo, em 2018, no entanto, o atleta passou a conviver com várias contusões e também o sobrepeso. Até o momento, ele realizou apenas 36 partidas com a camisa da equipe merengue, contribuindo com apenas 4 gols e 7 assistências.