Thomas Tuchel fala sobre futuro de Lukaku após afastar belga no Chelsea

O atacante causou polêmica ao dizer que não estava satisfeito no clube londrino e que gostaria de voltar para a Inter de Milão

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2022 12h28
Reuters/John Sibley Lukaku leva as mãos à cabeça durante partida do Chelsea Lukaku leva as mãos à cabeça durante partida do Chelsea

Romelu Lukaku chegou a ser afastado por Thomas Tuchel, treinador do Chelsea, após dizer que não estava satisfeito no clube londrino e que gostaria de voltar para a Inter de Milão. Fora da partida contra o Liverpool, no último domingo, 2, o belga viu seu nome ser especulado fora dos “Blues”. Apesar disso, o técnico alemão decidiu reintegrá-lo depois de uma conversa franca. “Demos tempo para olhar para trás com calma. Ele pediu desculpa e está de volta ao time para o treino de hoje” disse Tuchel, nesta terça-feira, 4, em coletiva prévia ao duelo contra o Tottenham, pela ida das semifinais da Copa da Liga Inglesa.

“Para mim, a coisa mais importante foi perceber, e claramente perceber, que não foi intencional. Ele não fez isto intencionalmente para criar este tipo de ruído antes de um jogo grande. Mesmo antes, quando ele parecia estar, no seu entender, pronto a jogar depois da sua lesão e nós entendemos que era preciso readaptar-se um pouco mais à intensidade, nunca houve o menor comportamento contra a equipe. Foi a primeira vez que ele se sentiu assim. São pontos muito importantes a entender”, acrescentou o técnico, que teve uma reunião com Lukaku e dirigentes do Chelsea na última segunda-feira na qual tudo ficou resolvido. Contratado por 115 milhões de euros, o centroavante soma sete gols em 18 jogos com a camisa da equipe inglesa.