Toni Kroos se aposenta da seleção alemã: ‘Quero focar nos objetivos com o Real Madrid’

Ao todo, o meio-campista fez 106 jogos pela Alemanha, anotou 17 gols e foi vencedor da Copa do Mundo realizada no Brasil, em 2014

  • Por Jovem Pan
  • 02/07/2021 10h18 - Atualizado em 02/07/2021 16h50
EFE/EPA/IAN LANGSDONToni Kroos anunciou aposentadoria da seleção alemã

Considerado um dos melhores meio-campistas da atualidade, Toni Kroos anunciou na manhã desta sexta-feira, 2, que não irá mais jogar com a seleção alemã. Através de publicação em sua conta oficial no Instagram, o volante disse que a aposentadoria precoce não está ligada à eliminação nas oitavas de final da Eurocopa ou a troca no comando técnico da equipe nacional — com a saída de Joachim Low, Hansi Flick será o novo treinador. Segundo o jogador de 31 anos, a ideia agora é concentrar os seus objetivos no Real Madrid, clube em que trabalha desde 2014. Ao todo, ele fez 106 jogos pela Alemanha, anotou 17 gols e foi vencedor da Copa do Mundo realizada no Brasil.

“Há muito tempo estava claro para mim que eu não estaria disponível para a Copa do Mundo de 2022 no Catar. Principalmente porque quero me concentrar totalmente nos meus objetivos com o Real Madrid nos próximos anos”, escreveu Kroos. Além disso, a partir de agora vou me permitir uma quebra que não existia como jogador nacional há onze anos. E, além disso, como marido e pai, quero estar ao lado de minha esposa e três filhos. Foi uma grande honra para mim poder usar esta camisa por tanto tempo. Fiz isso com orgulho e paixão. Obrigado a todos os fãs e apoiadores que me carregaram e apoiaram com seus aplausos e gritos. E obrigado a todos os críticos por sua motivação extra. No final, gostaria de agradecer muito a Jogi Löw. Ele me tornou um jogador nacional e campeão mundial. Ele confiou em mim. Há muito tempo que escrevemos uma história de sucesso. Foi uma honra para mim estar bem — e boa sorte e sucesso para Hansi Flick”, completou.