Treinador da Juve minimiza ira de CR7 e explica substituição: ‘Ele tem problemas físicos’

  • Por Jovem Pan
  • 11/11/2019 10h00
Paolo Magni/EFECristiano Ronaldo foi substituído na vitória da Juventus sobre o Milan

Cristiano Ronaldo foi substituído para a entrada de Dybala no começo do segundo tempo na vitória da Juventus contra o Milan, no último domingo (10), em partida válida pelo Campeonato Italiano. Insatisfeito com a alteração, o craque sequer foi para o banco e deixou o gramado direto para o vestiário. Questionado sobre o caso, Maurizio Sarri minimizou o caso e explicou o motivo da troca.

Em entrevista após o embate, Sarri afirmou que Cristiano não deveria ficar incomodado, já que ele não está bem fisicamente e vem treinando com dificuldade.

“Não tem problema [a atitude de Cristiano Ronaldo]. Ele tem que agradecer porque jogou, mesmo tendo problemas físicos. Eu resolvi substituí-lo porque ele não vinha bem. Se ele saiu chateado de campo, é normal. Ainda mais para um jogador que se sacrifica para chegar ao jogo”, disse.

De acordo com Sarri, o motivo do incômodo de Cristiano Ronaldo trata-se de um pisão sofrido há cerca de vinte dias.

Ele foi pisado há vinte dias e desde então não consegue treinar bem. Esse é o problema, a falta de continuidade no treinamento. O problema não é sério”, contou.

Já questionado sobre como reagia ao ato de Cristiano Ronaldo, o técnico italiano tratou de colocar “panos quentes” no episódio.

“Se você tira um jogador que está dando tudo, é normal que ele tenha cinco minutos de raiva. Um treinador gosta de ver isso: eu me preocuparia mais com o contrário”, diminuiu. 

Na partida diante do Milan, a “Velha Senhora” conseguiu o triunfo por 1 a 0 justamente com Dybala, que entrou na vaga do camisa 7. Com o resultado, a Juve segue na ponta do campeonato nacional.