Tuchel crê em ter Mbappé contra a Atalanta: ‘Todos os dias contam para um milagre’

O atacante sofreu um entorse no tornozelo direito na final da Copa da França e é dúvida para o jogo do PSG pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2020 15h41
Yoan Valat/EFEKylian Mbappé é dúvida para o jogo do PSG contra a Atalanta, pelas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa

O Paris Saint-Germain busca na próxima sexta-feira, 31, o seu terceiro título na atual temporada – contra o Lyon, no Stade de France, pela decisão da Copa da Liga Francesa -, mas o pensamento de todos está na Liga dos Campeões da Europa. No dia 12 de agosto, em Lisboa, o clube francês enfrentará a Atalanta, da Itália, pelas quartas de final, e a esperança é de que o atacante Kylian Mbappé esteja em campo. O jogador, campeão do mundo em 2018 com a seleção da França, sofreu um entorse no tornozelo direito após sofrer uma entrada dura de um zagueiro do Saint-Étienne, na sexta-feira passada, pela final da Copa da França, e está em tratamento intensivo desde então. O técnico alemão Thomas Tuchel diz acreditar em um milagre para tê-lo como titular contra a Atalanta.

“Sim, acredito que possa jogar. Mas será muito apertado (tempo de recuperação), isso é óbvio. Todos os dias contam para acontecer um milagre”, afirmou Tuchel, nesta quinta-feira, em entrevista coletiva para falar da decisão da Copa da Liga Francesa. O tempo estimado de afastamento é de cerca de três semanas e Mbappé estará ausente também de um amistoso contra o Sochaux no dia 5 de agosto. Pablo Sarabia e Eric Maxim Choupo-Moting são as opções de Tuchel para a decisão desta sexta-feira.

Por conta da ausência de Mbappé, o treinador alemão espera um jogo complicado contra o tradicional rival. “A vida sem Mbappé tem uma influência muito, muito grande, isso é claro. Mas vamos encontrar uma solução, espero. É um grande desafio. Já tivemos uma partida decisiva e complicada na semana passada. Temos que preparar nossa mentalidade. Mostrar nossa fome de vencer e que estamos prontos para estar neste nível”, disse.

*Com informações do Estadão Conteúdo