Gabigol desabafa após ser atingido por copo em eliminação do Flamengo: ‘Jamais aceitarei agressões’

Indignado com o ocorrido no Maracanã, Gabriel Barbosa escreveu uma nota na tarde desta quinta, 28, dizendo que não irá tolerar qualquer tipo de agressão ou xingamentos por parte da torcida rubro-negra

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2021 14h21 - Atualizado em 28/10/2021 14h28
THIAGO RIBEIRO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOGabigol lamenta derrota do Flamengo no Maracanã

O atacante Gabriel Barbosa foi atingido por um copo de cerveja na saída do gramado, na noite da última quarta-feira, 27, após a eliminação do Flamengo na semifinal da Copa do Brasil, diante do Athletico-PR, no Maracanã. Indignado com a situação, Gabigol escreveu uma carta na tarde desta quinta, 28, dizendo que não irá tolerar qualquer tipo de agressão ou xingamentos por parte da torcida rubro-negra. Além disso, o jogador lamentou a discussão de alguns torcedores com seus familiares depois da derrota por 3 a 0 para o Furacão. “Sei que no Flamengo tempos de vencer e queremos vencer. Mas jamais aceitarei agressões, falta de respeito e xingamentos, principalmente aos meus familiares, que tanto se dedicaram para que eu pudesse estar aqui hoje”, disse.

Herói em diversas conquistas do Flamengo nos últimos anos, como no bicampeonato da Libertadores da América e do Brasileirão, Gabriel pediu respeito aos torcedores em outro trecho da carta. “À Nação, sei da história linda que construímos ao longo destes anos todos. Vocês me motivam, me impulsionam a ser melhor a cada dia. Como disse uma vez, quebramos barreiras juntos e isso está no meu coração! Deixei o campo chateado com a derrota, revoltado por não conseguir ajudar meu Flamengo e me deparei com uma cena que jamais imaginei que passaria: ser agredido com um copo, que voou em minha direção por torcedores que certamente não representam nossa Nação.”

“Minha vida é o futebol, minha vida é família e a eles protegerei sempre! Estão sempre nos jogos torcendo, incentivando e cuidando de mim! Não vou tolerar, em hipóteses alguma, que eles sejam alvos de agressões, ofensas e xingamentos. Os acontecimentos de ontem me entristecem demais, mas tenho certeza de que sairemos mais fortalecidos. O futebol é alegria, respeito, empatia e responsabilidade! Que cada um possa refletir sobre os atos e com eles evoluam para termos um Maracanã como ele deve ser”, finalizou Gabigol, em texto publicado em suas redes sociais.