John Kennedy brilha, Fluminense bate Flamengo e tira rival da vice-liderança 

O Rubro-Negro caiu para a terceira posição, sendo ultrapassado pelo Fortaleza, que venceu o Athletico-PR no mesmo horário – os cearenses têm 48 pontos, dois a mais que os cariocas

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2021 20h57
ALEXANDRE BRUM/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDOJohn Kennedy marcou duas vezes no jogo entre Fluminense e Flamengo, pelo Brasileirão

O Fluminense conquistou um excelente resultado neste sábado, 23, ao vencer o Flamengo por 3 a 1, no Maracanã, em confronto válido pela rodada 28 do Campeonato Brasileiro. O jovem John Kennedy foi, sem dúvidas, o grande destaque da partida, sendo responsável por marcar duas vezes e levantar a torcida do Tricolor presente no estádio – o jogo, vale lembrar, contou com torcedores dois clubes. Renê até diminuiu o placar, mas Abel Hernández sacramentou o triunfo para os tricolores. Com o resultado, o time treinado por Marcão vai aos 39 pontos, permanecendo na oitava colocação e se aproximando do grupo que vai à próxima Libertadores da América. O Rubro-Negro, por sua vez, caiu para a terceira posição, sendo ultrapassado pelo Fortaleza, que venceu o Athletico-PR no mesmo horário – os cearenses têm 48 pontos, dois a mais que os cariocas.

Mesmo sem a trinca formada por De Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, o Flamengo tomou as rédeas da partida no começo, tendo mais posse de bola e criando as principais chances com Matheuzinho e Michael – o lateral chegou a acertar o travessão. O Fluminense, porém, foi letal com John Kennedy. Aos 16 minutos, o garoto aproveitou cruzamento da esquerda, apareceu nas costas de Renê e bateu duas vezes para vencer Diego Alves. A partir daí, o Rubro-Negro passou a ficar nervoso, trocando passes sem objetividade e pouco incomodando o goleiro rival. A única chance clara de empate foi de Vitor Gabriel, que emendou bela finalização, mas viu Marcos Felipe defender em dois tempos.

A etapa final foi ainda mais movimentada no Maracanã. Logo nos minutos inicias, Andreas Pereira, Everton Ribeiro e Gustavo Henrique ficaram perto de empatar, mas pecaram no momento da finalização. Acuado, o Fluminense só saiu da defesa aos 15 minutos, mas foi novamente muito eficaz. Aos 15 minutos, Luiz Henrique cruzou rasteiro para John Kennedy, que completou para as redes novamente. Mesmo perdendo por 2 a 0, o Flamengo continuou em cima e conseguiu descontar com Renê, em surpreendente arremate de fora da área. No fim, o duelo ficou aberto, com os dois times buscando o gol. Novamente, pesou a assertividade do Flu, que marcou com Abel Hernández, já aos 40 minutos. O uruguaio ganhou disputa no corpo de Gustavo Henrique e mandou no ângulo, sem chances para Diego Alves.