Marcos Braz abre o jogo sobre interesse do Flamengo em David Luiz e Thiago Mendes; confira

Vice-presidente de futebol também ironizou os desfalques que o Rubro-Negro vem sofrendo com as convocações para as Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2021 15h27 - Atualizado em 23/08/2021 17h05
ReproduçãoMarcos Braz abriu o jogo sobre a situação de David Luiz e Thiago Mendes

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz concedeu entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, 23, durante a apresentação de Andreas Pereira, contratado por empréstimo junto ao Manchester United. Em conversa com os jornalistas, o dirigente abriu o jogo e falou que o clube carioca não está negociando com David Luiz, zagueiro com passagem pela seleção brasileira que está livre no mercado. “Não tem absolutamente nada oficial, nada perto. O jogador estava em Angra dos Reis há três meses, tem familiares em Juiz de Fora, se não me engano. É muito perto aqui do Rio, e se deu esse pedido [da torcida]. Mas não tem nada. Se falar de zagueiro, vai ter sempre alguém na nossa lista e tem que ser assim. Mas não temos o que falar do David Luiz, não teve nenhuma proximidade, nenhuma questão relacionada à proposta, não tem nada disso”, disse Braz. “A gente sabe muito bem quanto custa o David Luiz. Mas não tem nada perto, eu não vou enganar a torcida”, completou.

Braz, por outro lado, admitiu que o Flamengo concentrou suas forças em contratar por empréstimo o meio-campista Thiago Mendes, do Lyon. A negociação, porém, esfriou. “Na questão do Thiago, a gente começou um processo, uma situação mais complexa. É um jogador que foi comprado duas vezes por seus clubes por mais de 15 milhões de euros, e aí aparecem dois loucos lá querendo trazer o jogador por empréstimo, barato, pela qualidade dele, pelo que a gente entende que o jogador pode nos proporcionar. A gente vai em cima do jogador, pede ajuda à família, o entendimento do empresário e depois faz alguns ajustes. Aliás, na nossa ida à Europa, o Bruno, o empresário e eu conseguimos uma movimentação do jogador que a gente jamais pensou que ia conseguir, o jogador foi e externou ao clube a vontade de estender o contrato por mais dois anos, ganhando menos, só para poder ter a liberação de vir para cá. Por isso tenho que fazer um agradecimento ao Thiago, independentemente se vamos trazê-lo ou não. Eu respeito a posição do Lyon. Eles devem entender e saber por que achavam que esse caminho não era um caminho bom, e a gente entendeu a decisão”, declarou o VP.

Na coletiva, Marcos Braz também ironizou os desfalques que o Flamengo vem sofrendo com as convocações não somente da seleção brasileira, como também da uruguaia e chilena. “O Flamengo não disputa três campeonatos, o Flamengo disputa o Brasileiro, a Copa do Brasil, a Libertadores e o Flamengo disputa também as Eliminatórias de uma Copa do Mundo. Porque quando tem convocação, o Flamengo perde quatro, cinco jogadores”, disparou. “Quem tem um pouquinho de discernimento, um pouquinho de conhecimento e análise de futebol, sabe que, em qualquer clube do mundo, quando perde em sequência dois ou três jogadores titulares mais dois ou três reservas, a gente sente. E não foi diferente do que aconteceu lá atrás. Então, o Flamengo disputa uma Eliminatória de Copa do Mundo. Não estou fazendo nenhuma crítica à CBF, é a oportunidade que eu tenho de mandar essa mensagem. Em todo lugar do mundo, quando se tem convocação nacional para Data Fifa, o campeonato para. Aqui não para, aqui continua”, complementou.