Renato Gaúcho rebate Roger Flores após insinuação sobre Pedro: ‘Isso não existe’

Ex-jogador disse que o treinador não estaria escalando o atacante por ordem da diretoria flamenguista, mas levou uma invertida do comandante rubro-negro

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2021 10h41 - Atualizado em 23/08/2021 19h33
Montagem sobre fotos/Reprodução/ANDRE MELO ANDRADE/IMMAGINI/ESTADÃO CONTEÚDO/MARCELLO ZAMBRANA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDORenato Gaúcho respondeu Roger Flores após o comentarista fazer uma insinuação sobre o atacante Pedro

O comentarista Roger Flores, do Grupo Globo, insinuou durante a transmissão do empate entre Ceará e Flamengo, no último domingo, 22, que o treinador Renato Gaúcho não estaria escalando o atacante Pedro por ordem da diretoria flamenguista. Em entrevista coletiva, questionado sobre o tema, o técnico tratou de rebater o comentário, lembrando que ele utilizou o centroavante em parte do jogo. “Eu acho até engraçado. O Roger foi um grande jogador, é um grande comentarista e eu tenho admiração por ele, mas o feeling dele deu totalmente errado. Em primeiro lugar, em qualquer clube que eu trabalhar, quem vai escalar o time sou eu. Depois, a verdade é que eu converso quase que diariamente com o Pedro, e sempre falo que ele tem muitas qualidades, é novo e futuramente vai estar na seleção. Só que, atualmente, ele joga na posição do Gabigol“, respondeu o comandante do Rubro-Negro.

“Eu sempre falo para o grupo que, hoje em dia, é difícil escalar o time do Flamengo pela qualidade dos jogadores. Infelizmente, só podem jogar 11. Comigo, o Pedro jogou quase todos os jogos, seja começando ou saindo do banco. Tentei colocá-lo várias vezes com o Gabriel, mas tem jogos e jogos. Os dois não têm características defensivas e, juntos, a equipe fica muito exposta. Dependendo do jogo, eles podem estar juntos. Hoje era uma partida difícil, o Ceará nos atacou bastante… O Pedro vai ter mais espaço. E outra: isso não existe. Não sei de onde o Roger tirou isso. Isso não acontece, tenho total liberdade do presidente e de toda diretoria. Essa dor de cabeça, Roger, eu gosto de ter. Deixa essa dor de cabeça para mim. Trato todo mundo igual. Roger, hoje você é comentarista. Se liga!”, completou.

Assista ao vídeo abaixo: