Abel exalta Veron: ‘Impossível o Palmeiras vendê-lo por menos que Neymar custou ao Barça’

O treinador português do Verdão também revelou que o jovem de 18 anos já é conhecido na Europa

  • Por Jovem Pan
  • 03/12/2020 11h40
Cesar Greco/PalmeirasGabriel Veron foi o destaque do Palmeiras diante do Delfín, do Equador

Gabriel Veron foi o grande protagonista do Palmeiras na vitória por 5 a 0 sobre o Delfín (Equador), na noite da última quarta-feira, 2, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. Além de balançar as redes duas vezes, o jovem deu uma assistência para Willian, sendo decisivo para a classificação do time às quartas de final do torneio – o Libertad (Paraguai) será o próximo adversário. Em entrevista coletiva, o treinador Abel Ferreira exaltou a qualidade do jogador e afirmou que o clube precisará vendê-lo por um valor maior do que o Barcelona pagou por Neymar, em 2013.

“Vou compartilhar uma história com vocês. O nome dele é Luís Campos, diretor esportivo do Lille, e foi meu treinador quando tinha a idade do Veron. Eu me aconselhei com ele quando falei do Palmeiras, e curiosamente ele citou o Veron, porque conhece todos os jovens com potencial, sabe que tem qualidade, e digo sempre a ele (Veron) para lembrar do que o trouxe até este nível. É impossível o Palmeiras vender este jogador do que por menos que o Neymar foi vendido ao Barcelona”, disse o comandante português.

O Barcelona comunicou, na época, que pagou 57 milhões de euros (cerca de R$ 182 milhões) para contar com o futebol de Neymar. O Santos, por sua vez, registrou que recebeu apenas 17,1 milhões de euros (o equivalente a R$ 54,6 milhões, na ocasião) – o restante teria ido ao empresário e pai do atacante.

Gabriel Veron tem contrato com o clube paulista até 2025 e multa rescisória estimada em 60 milhões de euros (R$ 378 milhões). Cria da base do Palmeiras, o atacante de 18 anos de idade soma 31 partidas com o time principal, contabilizando 10 gols e 5 assistências no período.