Atacantes do Al Ahly quebram protocolo contra Covid-19 e não encaram Palmeiras no Mundial

Equipes disputam o 3º lugar no torneio na próxima quinta-feira, 11, às 12h (horário de Brasília)

  • Por Jovem Pan
  • 09/02/2021 19h47 - Atualizado em 09/02/2021 20h35
Reprodução/ Twitter El-Shahat e Kahraba foram até as arquibancadas cumprimentar ex-jogador do Al Ahly

Adversário do Palmeiras na disputa pelo terceiro lugar no Mundial de Clubes, o Al Ahly não poderá contar com os atacantes Mahmoud Kahraba e Hussein El-Shahat para o jogo desta quinta-feira, 11, que será disputado às 12h (horário de Brasília). Os dois foram punidos pela Fifa por violarem o protocolo contra o coronavírus. Após o jogo contra o Bayern de Munique, que terminou com vitória da equipe alemã por 2 a 0, na segunda-feira, os dois atacantes foram até o setor de arquibancada cumprimentar Mohamed Aboutrika, ídolo da seleção do Egito e que também defendeu o Al Ahly. No protocolo da Fifa, não é possível nenhuma interação fora das 4 linhas.

A quebra de protocolo foi flagrada em vídeo, postado nas redes sociais. Mahmoud Kahraba e Hussein El-Shahat tiveram de passar por novo teste da Covid-19 e, apesar de testarem negativo, foram excluídos da partida. O Al Ahly divulgou um comunicado para informar que os dois jogadores não ficarão à disposição para enfrentar o Palmeiras. Eles foram titulares na derrota para o Bayern de Munique. El-Shahat, inclusive, fez o gol que colocou o time na semifinal, no triunfo sobre o Al Duhail.

*Com informações do Estadão Conteúdo