Luxemburgo vê Palmeiras no caminho certo após clássico: ‘Rendimento satisfatório’

Mesmo com a derrota para o Corinthians, técnico palmeirense exaltou o desempenho da sua equipe

  • Por Jovem Pan
  • 23/07/2020 09h02
ReproduçãoLuxemburgo durante entrevista coletiva

Vanderlei Luxemburgo, treinador do Palmeiras, lamentou a derrota diante do Corinthians por 1 a 0, na noite da última quarta-feira (22), na arena do rival, localizada em Itaquera. Ainda assim, o comandante aprovou o desempenho apresentando pelo seu time na retomada do Campeonato Paulista – a equipe não atuava desde meados de março. “A gente lamenta muito a derrota, mas o time mostrou que está no caminho certo. Fisicamente se mostrou muito trabalhado, com força, chegando duro, deu resposta, fico satisfeito por ver um time buscando o tempo todo”, disse o técnico palmeirense, em entrevista coletiva.

O Palmeiras criou mais chances no Dérbi, mas acabou parando nas mãos de Cássio, goleiro do Alvinegro que fez, ao menos, cinco boas defesas no jogo. Por isso, Luxemburgo acredita que os torcedores do não devem ficar chateados com o grupo. “Triste pela derrota, mas sabemos que estamos no caminho certo, que o Palmeiras está no caminho certo. Lamentamos, como vocês torcedores, mas sabemos que estamos no caminho certo”, comentou o treinador.

“Tivemos um rendimento satisfatório para o que treinamos e queríamos, fisicamente foi muito bom, para quem começou atrasado. Saímos atrás, jogamos em cima deles, não demos chances de contra-ataque… Torcedor deve estar chateado, como estou, perder do Corinthians mais uma vez, mas acho que o torcedor pode olhar para a frente e falar ‘estou vendo coisa boa, temos coisa boa para acontecer'”, complementou Luxemburgo.

A torcida, entretanto, não teve a paciência desejada pelo treinador do Alviverde. Logo após o revés diante do Corinthians, alguns torcedores tentaram invadir a sede do clube e acabaram depredando parte das instalações do Palmeiras, na madrugada desta quinta-feira.

Na coletiva, Luxemburgo ainda falou sobre a falha de marcação palmeirense no gol marcado por Gil. “Gol sempre acontece, Gil é um jogador que sobe bem, a gente treinou muita bola parada e ele fugiu da marcação. Tem de dar mérito ao cara, não só ver defeito. Treinamos muito isso, foi a única chance que eles tiveram no primeiro tempo e no jogo. É o futebol, eles jogaram pra uma bola, depois começaram a travar muito”, analisou.

O Palmeiras volta a campo no domingo (26), quando recebe o Água Santa, no Allianz Parque. Classificado para o mata-mata, o time precisa vencer e torcer par um tropeço do Santo André para avançar em primeiro na sua chave.