Palmeiras nega ter recebido propostas por Patrick de Paula e quer manter o jovem

Informações de que o Benfica teria oferecido 18 milhões de euros (R$ 117 milhões) pelo voltante surgiram nesta quarta-feira, 26, mas a equipe alviverde tratou de afirmar que não existem negociações em andamento

  • Por Jovem Pan
  • 26/08/2020 15h14
Marcello Zambrana/Estadão ConteúdoPatrick de Paula é uma das maiores revelações do Palmeiras nos últimos anos

A diretoria do Palmeiras vai se esforçar para manter no elenco o volante Patrick de Paula, de 20 anos. Um dos grandes destaques do time campeão paulista, a revelação das categorias de base do clube tem recebido sondagens do exterior, e uma delas seria do Benfica. O time português dirigido pelo técnico Jorge Jesus teria oferecido 18 milhões de euros (R$ 117 milhões), mas a equipe alviverde afirma que não existem negociações em andamento. O Palmeiras garante que, neste momento, não há nenhum tipo de conversa com o Benfica pelo jogador. No clube, a postura é de manter Patrick de Paula no elenco para que possa evoluir, afinal a estreia dele pelo time profissional foi apenas neste ano. A diretoria quer manter o atleta por confiar na contribuição técnica que ele pode oferecer após ter realizado até agora 18 partidas e anotado dois gols.

Precavido com o assédio, o Palmeiras fechou no ano passado uma renovação de contrato com valores altos. Patrick de Paula assinou acordo até 2024, e a multa rescisória é de cerca de R$ 670 milhões. Apesar de considerar o contexto econômico como complicado por causa da pandemia do novo coronavírus, o clube tem insistido na necessidade de segurar as principais revelações saídas da base. “Temos de ter muito equilíbrio, fazer as coisas com os pés no chão. Os clubes precisam de receita, e a única receita que existe hoje para ser um valor adicional, um dinheiro novo, é a venda de jogadores. Mas temos que fazer com muito equilíbrio, no momento correto”, disse o presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, em entrevista à TV Gazeta neste mês.

“Descoberto” na Taça das Favelas, Patrick de Paula passou a ser utilizado no time principal do Palmeiras em 2020. Elogiado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, o volante rapidamente ganhou espaço na equipe alviverde e foi um dos destaques da conquista do título paulista sobre o Corinthians, há duas semanas. Coube ao garoto converter, no ângulo, com imensa categoria, o pênalti que tirou o clube de Palestra Itália de uma fila de 12 anos sem taças estaduais. No último domingo, foi de Patrick de Paula o gol da vitória do Palmeiras sobre o Santos, no Morumbi, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

*Com informações do Estadão Conteúdo