Rony se diz honrado por jogar no Palmeiras e comemora marca histórica na Libertadores

Atacante chegou aos 16 gols na competição por um único clube, igualando Pelé e Zico

  • Por Jovem Pan
  • 30/06/2022 19h47
EFE/ Andre Penner Rony marcou 2 gols na vitória do Palmeiras na Libertadores Rony é o destaque do Palmeiras na Libertadores e marcou duas vezes contra o Cerro Porteño

Autor de dois gols na vitória do Palmeiras contra o Cerro Porteño, por 3 a 0, na última quarta-feira, 29, em Assunção, no Paraguai, pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América, o atacante Rony falou sobre ter alcançado a marca de Pelé e Zico, que também marcaram 16 gols por um só clube na competição. “Me sinto honrado por igualar nomes como Pelé e Zico e mais feliz ainda por bater essas marcas com a camisa do Palmeiras. Me sinto muito à vontade com essa camisa e é um privilégio muito grande vesti-la. Foram grandes jogadores que fizeram história no passado e agora estou fazendo a minha. Me sinto muito abençoado por tudo isso e é continuar trabalhando e mantendo o mesmo foco, a mesma pegada para alcançar coisas ainda maiores”, afirmou. Rony abriu vantagem na disputa interna com Raphael Veiga como o maior artilheiro da história do Palmeiras na Libertadores. O meia tem 14 gols, contra 16 do atacante, que pediu muita atenção no duelo de volta contra o Cerro Porteño. “Estou feliz por ter feito os dois gols e muito mais feliz pela vitória. O nosso objetivo era chegar lá e arrancar um bom resultado, e a nossa equipe toda está de parabéns pela entrega, determinação e comprometimento de cada um. A eliminatória ainda não está ganha, ainda tem o segundo jogo, então vamos continuar focados para selar nossa classificação em casa com o apoio do nosso torcedor”, disse.

Palmeiras e Cerro Porteño se enfrentam novamente na próxima quarta-feira, às 19h15 (horário de Brasília), no Allianz Parque. O time alviverde pode perder por até dois gols de diferença que estará classificado às quartas de final. Mas antes o compromisso é no Brasileirão. A equipe de Abel Ferreira tem pela frente o Athletico-PR, de Luiz Felipe Scolari, no sábado, também em São Paulo. “Agora é virar a chavinha. A gente sabe que o Brasileiro é muito competitivo e tem muitos times querendo subir na tabela. O Athletico-PR é uma equipe bem montada e treinada por um grande treinador, com certeza será um jogo difícil. Mas estaremos diante do nosso torcedor, na nossa casa e vamos entrar, dar o nosso melhor e lutar para manter a liderança”, finalizou. O Palmeiras é o líder do Campeonato Brasileiro, com 29 pontos, três a mais do que o seu arquirrival Corinthians, segundo colocado.

*Com informações do Estadão Conteúdo