Sem final, sem dinheiro: eliminação no Campeonato Paulista gera impacto financeiro no Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2019 16h51 - Atualizado em 08/04/2019 16h52
César Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoRicardo Goulart tenta finalizar durante clássico entre Palmeiras e São Paulo, no Allianz Parque

Se não bastasse ficar de fora da final do Campeonato Paulista com a derrota nos pênaltis para o São Paulo neste último domingo (8), o Palmeiras sofrerá um impacto em seus cofres. O time de Luiz Felipe Scolari deixará de receber pelo menos R$ 10 milhões de recursos vindos da premiação pelo possível título, bônus da patrocinadora e bilheteria.

A Federação Paulista de Futebol vai pagar ao campeão R$ 5 milhões como prêmio. O Palmeiras ainda teria direito a receber pelo título um valor maior, pois pelo contrato assinado com a Crefisa em janeiro, há uma cláusula que prevê o pagamento em caso de conquistas de títulos. O Paulistão, por exemplo, renderia R$ 4 milhões.

Além disso, se tivesse passado pelo São Paulo, o Palmeiras poderia contar com a receita de bilheteria. O clube jogaria a segunda partida da decisão no Allianz Parque, com a possibilidade de obter uma alta arrecadação. Só a semifinal teve R$ 2,6 milhões de renda pela venda de ingressos para a torcida alviverde.

Sem a competição estadual, o Palmeiras tem como os dois próximos compromissos as rodadas seguintes da Libertadores da América. Nesta quarta-feira (10), o time recebe o Junior Barranquilla, da Colômbia, e duas semanas depois, viaja ao Peru, onde enfrenta o Melgar, em Arequipa, pela quinta rodada da fase de grupos da competição continental.

Com informações de Agência Estado