Pia Sundhage e jogadoras da seleção brasileira são vacinadas contra a Covid-19

Delegação está sendo imunizada com doses doadas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para as Olimpíadas de Tóquio

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2021 19h02 - Atualizado em 28/05/2021 20h17
Divulgação/ CBFPia Sundhage tem 61 anos e estará a frente da seleção nos Jogos Olímpicos

A técnica da seleção brasileira feminina, Pia Sundhage, recebeu a primeira dose da vacina da Pfizer contra a Covid-19 nesta sexta-feira, 28. A sueca de 61 anos se imunizou com lote doado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) ao Ministério da Saúde como parte do acordo de imunização para atletas olímpicos. A auxiliar-técnica Beatriz também foi imunizada. Desde a última quarta-feira, 26, a delegação da seleção têm recebido as doses, incluindo membros da comissão técnica e atletas que atuam no Brasil. Além dos 25 nomes indicados por Pia na última convocação da Data Fifa antes dos Jogos Olímpicos, jogadores que foram convocadas nas listas anteriores e têm chances de irem ao Japão também receberam o imunizante. Atletas do Corinthians e Palmeiras postaram nas redes sociais fotos recebendo as vacinas.

Uma das condições do governo japonês para a realização das Olimpíadas em meio à pandemia é que os atletas que participarão sejam imunizados. De acordo com a CBF, as vacinas utilizadas nas jogadoras serão repostas pelo COI, que doou doses para todos os Comitês Olímpicos Nacionais do mundo. A previsão é que sejam vacinados em torno de 1,8 mil brasileiros que irão participar dos Jogos, o que equivale a 7 mil doses adicionais enviadas ao Sistema Único de Saúde (SUS).