Rogério Ceni testa positivo para Covid-19 e não comanda Flamengo contra o Coritiba

Para o jogo desta quinta, o Rubro-Negro terá os desfalques de Arrascaeta, que também se infectou na concentração da seleção do Uruguai, e Mauricio Isla, chileno que defende o seu país nas Eliminatórias para a Copa do Mundo

  • Por Jovem Pan
  • 08/06/2021 10h26 - Atualizado em 08/06/2021 16h36
EFE/Silvia IzquierdoRogério Ceni e Gabigol discutem durante jogo entre Flamengo e LDU

Rogério Ceni não irá comandar o Flamengo na partida diante do Coritiba, marcada para a próxima quinta-feira, 10, no Couto Pereira, válida pela rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Isto porque o Rubro-Negro informou na manhã desta terça-feira, 8, que o treinador testou positivo para a Covid-19 e precisou ser afastado, conforme determina o protocolo sanitário estabelecido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). “Em teste realizado na última segunda-feira (07.06), o técnico Rogério Ceni foi diagnosticado com Covid-19. O time será assumido nos próximos dois jogos pelo Maurício Souza, junto com o auxiliar Márcio Torres”, informou o clube em suas redes sociais e no site oficial.

A CBF alterou o horário do jogo do Flamengo contra o Coritiba. Antes marcado para 21h30, o duelo agora terá início às 19 horas. Segundo a entidade, a mudança faz parte de um ajuste de tabela. O confronto da volta segue mantido para quarta-feira da semana que vem, dia 16, às 21h30, no Rio de Janeiro. Para o jogo desta quinta, o Rubro-Negro terá os desfalques de Arrascaeta, que também testou positivo para o novo coronavírus na concentração da seleção do Uruguai, e Mauricio Isla, chileno que defende o seu país nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. O time, por outro lado, terá a volta dos selecionados Gabriel, Everton Ribeiro, Rodrigo Caio, Gerson e Pedro — os últimos dois estão defendendo a seleção olímpica, na Sérvia.