‘Joguem sem medo!’ No Santos desde criança, Gustavo Henrique se encanta e descobre ‘novo futebol’ com Sampaoli

  • Por Jovem Pan
  • 02/05/2019 11h00 - Atualizado em 01/05/2019 19h01
Maurício de Souza/Estadão ConteúdoHoje com 26 anos, o zagueiro Gustavo Henrique chegou ao Santos ainda criança, em 2007

“Joguem sem medo!”

A frase é praticamente um mantra para Jorge Sampaoli. E tem motivado até quem joga no Santos desde criança. Em entrevista exclusiva a André Ranieri, Diogo Mesquita e Bruno Prado, da Rádio Jovem Pan, Gustavo Henrique, que está no clube alvinegro desde os 14 anos, abriu o jogo. Não escondeu o encantamento com o trabalho realizado pelo treinador e disse que tem experimentado novas maneiras de praticar futebol com o argentino.

“Eu gostei muito da chegada do Sampaoli, porque ele joga um futebol para frente, né?”, afirmou o atleta, antes de listar as características que teve de incorporar ao próprio jogo após a chegada do técnico. “Antes, a gente, que joga na zaga, só tinha a função de tocar a bola para o lateral e dar opção atrás. Agora, não. Agora, a gente joga mais adiantado e, quando pega a bola, já procura os meias, tenta um passe mais vertical. Isso é muito bom. E ele fala que, se a gente errar, o que é normal, vai ter bastante gente do nosso time perto da bola… Vai ser mais fácil de recuperar. Essa tranquilidade que ele nos passa é muito importante”.

A confiança depositada pelo comandante nos jogadores, de acordo com Gustavo Henrique, é o diferencial do trabalho que, em menos de seis meses, já se tornou unanimidade pelos lados da Vila Belmiro. “A gente treina muito, né? Todo dia a gente treina um pouco o que ele pensa do jogo. O Sampaoli é um cara que estuda muito o adversário e pensa 100% em futebol. Ele sempre está trocando ideia com a gente… Joga muito em função do adversário e com base na posse de bola. A gente está muito feliz de aprender com ele. O que ele mais pede para a gente é para ter personalidade e jogar sem medo. Isso faz muita diferença para quem está em campo”, revelou.

Renovação ainda é incógnita

Gustavo Henrique é titular absoluto e um dos principais jogadores do Santos na temporada. Mesmo assim, ainda não sabe se permanecerá no clube para a próxima temporada. O jogador tem contrato até 31 de janeiro de 2020 e, até o momento, não foi procurado para renovar. Se o vínculo não for estendido, ele poderá assinar um pré-contrato com qualquer equipe a partir de agosto.

Questionado se vai continuar no Santos no ano que vem, Gustavo Henrique desconversou. “Eu só quero estar bem, jogando…”, afirmou. “Caso eles me procurem e a oferta seja boa, eu vou sentar com a minha família e ver o que vai ser melhor para mim. Minha prioridade aqui no Brasil sempre vai ser o Santos. É claro que agora vai sair várias mentiras na imprensa, mas eu estou muito tranquilo e focado em fazer um grande ano. Se eu vou renovar ou não com o Santos, depende deles, também. Não só de mim”, finalizou.

A entrevista exclusiva de Gustavo Henrique a André Ranieri, Diogo Mesquita e Bruno Prado vai ao ar no próximo Plantão de Domingo, na Rádio Jovem Pan. Fique ligado!